Como escolher uma ideia de negócio de sucesso

Passo a Passo 103 - Empreendedorismo

A Passo a Passo 103 está repleta de conselhos práticos sobre como gerir um negócio bem-sucedido.

Como escolher uma ideia de negócio de sucesso

por Helen Munshi 

Escolher uma ideia de negócio é uma das partes mais importantes da sua jornada como empreendedor. Muitas pessoas apressam-se nessa etapa, mas vale a pena dedicar tempo a ela, a fim de garantir que a sua ideia tenha as melhores chances de sucesso. 

Could you learn a new skill to give you a business opportunity? Photo: Andrew Philip
Você poderia aprender uma nova habilidade para ter uma oportunidade comercial? Foto: Andrew Philip

Há duas maneiras principais de encontrar ideias de negócio: primeiro, examinando o mercado ao seu redor e, em segundo lugar, considerando seus próprios interesses e habilidades. Ambas são importantes. Você deve oferecer bens ou serviços para os quais haja demanda e os quais você tenha a capacidade e o compromisso de entregar. 

Método 1: o mercado

A primeira maneira de encontrar ideias de negócio é examinar o mercado. É essencial que você venda bens ou serviços que as pessoas desejem e pelos quais haja demanda durante o ano todo.

Demanda no mercado

  • Considere a demanda ao seu redor. O que está sendo oferecido no mercado vizinho que não esteja sendo oferecido no seu mercado local? Visite a área, fale com os clientes e observe o que está sendo comprado e vendido. 
  • Pense sobre a demanda futura. Qual é a próxima progressão lógica de um produto ou serviço? Por exemplo, se alguém estiver vendendo alimentos frescos no mercado local, você poderia oferecer entrega a domicílio? 
  • Leia revistas ou jornais para entender o que está vendendo atualmente e as novas tendências do mercado. 

Resolva um problema

  • Considere seus próprios padrões de compra. Pense em quais produtos ou serviços você gostaria de poder comprar. Que parte da vida atualmente lhe causa problemas? Você poderia encontrar uma solução para esses problemas? Você também pode falar com familiares, amigos e pessoas da sua região sobre quais problemas eles gostariam que fossem resolvidos e o que eles gostam de comprar.
  • Há algum problema com os produtos ou serviços que as empresas locais vendam? Você poderia resolver algum desses problemas?

Examine a concorrência

  • Visite sua cidade ou povoado e fale com os proprietários das bancas e lojas. Faça-lhes algumas perguntas básicas de pesquisa de mercado, como: “O que está vendendo bem?”, “Quantos você vende por dia?”, “Quanta concorrência você tem?”. Você também pode descobrir essas informações observando os padrões de compra dos clientes e examinando outras empresas na área.
  • Você poderia se basear em uma ideia de negócio que já existe? Ao invés de examinar um problema com uma empresa atual, encontre empresas que você admire e que estejam indo bem. Você poderia melhorar o que elas estão vendendo? Você poderia oferecer um serviço melhor ou mais acessível?

Você não precisa ter uma ideia de negócio completamente nova. Na verdade, é um bom sinal se já houver pessoas ganhando dinheiro com uma determinada ideia: isso mostra que existe demanda para ela. No entanto, é importante tentar tornar sua oferta um pouco diferente, para não inundar o mercado com o mesmo produto ou serviço. Se houver muitas empresas vendendo a mesma coisa, os clientes poderão negociar uma redução do preço, já que a oferta será maior que a demanda.

Método 2: suas habilidades, Ativos e interesses

A segunda maneira de encontrar ideias de negócio é considerar suas habilidades, ativos (bens) e interesses. Muitas pessoas pensam que, desde que haja demanda por um produto ou serviço, essa será uma boa ideia. Isso é verdade em parte, mas você também precisa encontrar a ideia certa para você.

As habilidades são frequentemente aprendidas e, portanto, se você não tiver alguma habilidade importante para administrar a sua empresa, você poderá adquiri-la. Algumas das principais habilidades necessárias para administrar uma empresa são: vendas, marketing, negociação (com clientes e fornecedores), contabilidade, organização e habilidades técnicas específicas, tais como carpintaria ou costura. Para tarefas como a contabilidade, talvez seja possível contratar alguém para ajudá-lo.

Ativos (ou bens) são os recursos que as pessoas usam para produzir seus meios de vida e lidar com as crises. Eles podem ser divididos em seis categorias principais:

  • humanos e espirituais (ex.: educação, fé, saúde, habilidades);
  • sociais (ex.: família e amigos, grupos religiosos);
  • políticos (ex.: a capacidade de defender direitos junto aos tomadores de decisão);
  • físicos (ex.: casa, equipamentos, veículos);
  • financeiros (ex.: dinheiro ou objetos como joias, que podem ser facilmente vendidas para obter dinheiro);
  • naturais (ex.: solo, água, árvores).

Faça uma lista dos ativos que você possui ou a que tem acesso. Então, você poderá usar essa lista para ter ideias de negócio. Por exemplo, se tiver acesso a terras, pense em maneiras de usá-las como fonte de renda.

Agora você poderá considerar seus interesses e usá-los para ter ideias de negócio. Pense sobre estas perguntas:

  • Que empresas você considera inspiradoras? Se você pudesse administrar alguma empresa que já existe, qual seria e por quê?
  • Que proprietários de empresa você admira e por quê? Por que seus produtos e serviços o empolgam tanto?
  • O que você gosta de fazer no seu tempo livre? Você poderia transformar essa atividade em um negócio?
  • O que você gostava de fazer quando era mais jovem?
  • Qual é o estilo de vida que você quer ter? Por exemplo, você quer andar por todo o lado fazendo entregas? Você gosta de falar com os clientes o dia todo ou prefere ter o seu próprio espaço e tempo?

Produto ou serviço? 

A última coisa a considerar é se você prefere oferecer um produto ou um serviço. Um produto geralmente requer um investimento financeiro maior no início, e muitas vezes leva mais tempo para chegar ao estágio de vendas. Você precisará vincular-se a fornecedores e, potencialmente, fabricantes, desenvolver as mercadorias e, então, transportá-las até os clientes. No entanto, isso pode ser muito rentável. Se você fornecer um serviço, não precisará passar por essas etapas, e as empresas de serviços frequentemente precisam de um investimento financeiro menor. No entanto, como você estará trocando seu tempo por dinheiro, haverá um limite para o quanto poderá ganhar, já que o seu tempo é limitado. Para aumentar sua empresa, você precisará contratar funcionários.

O processo para encontrar uma ideia de negócio pode ser bem assustador, mas todas as ideias, sejam elas pequenas ou bobas, são úteis, pois podem resultar em outras ideias. Carregue consigo um bloco de anotações e escreva suas ideias à medida que elas vierem à sua cabeça. Logo, você verá ideias de negócios potenciais onde quer que for.

Helen Munshi é consultora de estratégia empresarial e treinamento. Ela trabalhou com organizações no Maláui e na Índia e escreveu um curso de treinamento para trabalhadores autônomos destinado a empreendedores na Tanzânia. 

Site: www.linkedin.com/in/helenmunshi 
E-mail: helenmunshi9@gmail.com

Illustration: Petra Röhr-Rouendaal
Ilustração: Petra Röhr-Rouendaal, Where there is no artist (segunda edição)

Pesquisa de mercado

Depois de escolher uma ideia de negócio potencial, é importante fazer uma pesquisa de mercado para ter certeza de que há demanda suficiente pelo seu produto ou serviço. 

Levantamentos de mercado 

Elabore um questionário simples para descobrir o que seus clientes-alvo desejam, com um máximo de dez perguntas. Você precisará de 30 a 60 entrevistados para que a pesquisa seja confiável. Use a pesquisa com pessoas que representem os prováveis clientes. Não escolha pessoas que você conheça. 

Grupos de discussão 

Reúna um pequeno grupo de clientes-alvo para conversar sobre sua ideia de negócio. Você pode fazer perguntas mais complicadas, tais como de que concorrentes eles atualmente compram, e o que os faria mudar para uma nova empresa. 

Teste o mercado 

É uma boa ideia testar seus produtos para descobrir se a qualidade é aceitável, se o preço está certo e se o local de venda é adequado. Teste oferecendo amostras grátis ou tentando vender amostras. Se possível, peça que os clientes deem sua opinião, como, por exemplo, se eles mudariam algo no produto ou serviço.

Veja a Passo a Passo 65: Como aumentar o valor dos alimentos para ler um artigo mais longo sobre pesquisa de mercado. Acesse www.tearfund.org/footsteps para baixar uma cópia gratuita.