Transformação de lixo em lucro

Passo a Passo 103 - Empreendedorismo

A Passo a Passo 103 está repleta de conselhos práticos sobre como gerir um negócio bem-sucedido.

Transformação de lixo em lucro

por Richard Gower 

No mundo em desenvolvimento, há um enorme e crescente problema de resíduos. Atualmente, 9 milhões de pessoas morrem todos os anos devido à má gestão de resíduos e poluentes. Esse número é 20 vezes maior do que o número de pessoas que morrem de malária. Se ignorarmos esse problema dos resíduos, perderemos uma oportunidade fundamental para salvar vidas e criar empregos.

Terra Coco makes a range of products from discarded coconuts. Photo: Terra Coco
A Terra Coco faz uma variedade de produtos com cocos descartados. Foto: Terra Coco

A economia circular é uma nova maneira de pensar sobre o mundo. Nossa forma atual de fazer as coisas é linear: pegamos recursos naturais, criamos artigos, usamos esses artigos e, então, jogamos os artigos fora. Neste estágio final, toda a energia, água e materiais utilizados na fabricação dos artigos também são jogados fora. A economia circular, no entanto, mantém os recursos em uso o maior tempo possível. Muitos artigos, tais como os carros, podem ser consertados ou reconstruídos ao invés de serem jogados fora quando estragam. Isso cria novas oportunidades de emprego e reduz o desperdício prejudicial para a saúde.

Visite www.tearfund.org/circular para obter mais recursos sobre a economia circular.

Nas próximas duas páginas, mostramos empresas de todo o mundo que estão transformando lixo em lucro. 

Questões para discussão

  • O que acontece com os resíduos em nossas comunidades?
  • Há algum recurso considerado “lixo” que possamos transformar em uma oportunidade comercial? 

Richard Gower é Associado Sênior de Economia e Políticas da Tearfund.

E-mail: richard.gower@tearfund.org


Terra Coco, Guatemala

por Mario Morales 

Mario Morales

Em 2010, houve uma inundação na costa sul da Guatemala, perto de onde moro. As igrejas locais juntaram-se para considerar como poderíamos apoiar as comunidades afetadas. Percebemos que tínhamos um recurso ali mesmo, na nossa frente: o coco. Havia cascas de coco descartadas por toda a parte em nossas comunidades, especialmente após as inundações. Os cocos eram muito pouco usados e estão cheios de qualidades biológicas excepcionais. 

Desde o início, tive grande fé neste produto frequentemente descartado. Criei uma empresa social chamada Terra Coco, que usa cocos para fazer uma variedade de produtos ecológicos. Usamos fibras de coco para fazer sapatos, sandálias, bolsas e redes para prevenir a erosão da terra. O processo de extração das fibras produz uma cobertura vegetal rica em nutrientes, que usamos em hortas comunitárias. 

A “explosão” do mercado ecológico é uma ótima oportunidade para a Terra Coco. As pessoas veem com bons olhos os produtos ecológicos, biodegradáveis, éticos e, acima de tudo, bonitos. Uma nova grande oportunidade para nós é o óleo de coco. Ele é muito comercial, já que tanto o óleo puro quanto o sabonete e o xampu derivados dele são muito bem aceitos pelo público. Estamos produzindo óleo e explorando os sabonetes e xampus. 

Na Terra Coco empregamos famílias vulneráveis que precisam de trabalho, inclusive mulheres e jovens. Neste exato momento, Deus precisa que compartilhemos um evangelho prático. Não estamos interessados em simplesmente criar mais uma empresa. Queremos criar um empreendimento de Cristo. 

Mario Morales é formado pelo programa Inspired Individuals (Indivíduos Inspirados) da Tearfund.

Site: www.facebook.com/terracoco.esc 
E-mail: ccapoyo@gmail.com

Para ler outro estudo de caso da Nigéria, clique aqui.