N22 Alimentos enriquecidos

Os alimentos enriquecidos possuem nutrientes especiais acrescentados pelos fabricantes. Às vezes, estes são acrescentados, para substituir os que foram perdidos durante o processamento. Por exemplo, moendo-se o arroz e os grãos de cereais perdem-se várias vitaminas e minerais úteis. Às vezes, estes são acrescentados, porque as pessoas não consomem o suficiente na alimentação. Os alimentos enriquecidos freqüentemente custam o mesmo que os alimentos não enriquecidos e geralmente são úteis. Entretanto, uma boa alimentação equilibrada já deveria oferecer estes nutrientes para a maioria das pessoas.

Um dos nutrientes mais comuns acrescentados é a vitamina A, a qual é freqüentemente acrescentada à margarina, aos produtos feitos com cereais e principalmente aos cereais usados durante a desmama. A vitamina B também pode ser acrescentada aos cereais e ao pão.

Em muitas regiões, as pessoas não consomem iodo suficiente. A falta de iodo pode fazer com que as crianças aprendam mais devagar e criem bócio no pescoço. As mulheres com falta de iodo têm mais probabilidade de sofrer abortos, dar à luz bebês mortos ou com deformidades. Compre sempre sal iodado, se possível.

Discussão 

  • Que alimentos você compra que são enriquecidos? Se você não souber de nenhum, leia os rótulos cuidadosamente nos pacotes e nas latas, para verificar.
  • Quais são os benefícios de se comprarem alimentos enriquecidos?
  • Há alguma desvantagem em se comprarem alimentos enriquecidos? Quais são elas?
  • Há alguma pessoa local que sofra de bócio no pescoço? Se houver, há sal iodado disponível no local? Como os donos de lojas poderiam ser incentivados a vender sal que contenha iodo, para evitar que outras pessoas criem bócio?
  • É possível comprar trigo, pão ou cereais enriquecidos com ferro na nossa região? Se não, que outras fontes de ferro disponíveis há?