Questões sobre menstruação em Bangladesh

por Allison Mathews.

A menstruação é um evento natural que afeta mulheres e meninas em idade reprodutiva. Para a maioria das mulheres, a menstruação ocorre uma vez por mês. Todos os meses o útero produz uma camada especial, rica em sangue, que protege e alimenta o óvulo fertilizado, se a mulher ficar grávida. Se o óvulo não for fertilizado, esta camada não é mais necessária e é eliminada. Um período menstrual marca o começo de um novo ciclo mensal e a formação de um novo óvulo. Um ciclo menstrual regular indica que a mulher é fértil, saudável e bem alimentada.

A idade média entre meninas em Bangladesh para começar a menstruação é doze anos. A vida reprodutiva da mulher dura até a idade de 40 ou 45 anos.

O que é a proteção sanitária?

Tem a ver com os materiais e métodos que uma mulher usa para evitar manchar as suas roupas durante a menstruação. A maneira como as mulheres lidam com esta necessidade mensal varia grandemente. As mulheres da classe média alta em áreas urbanas dependem de absorventes descartáveis. As mulheres pobres usam uma variedade de materiais recicláveis de baixo custo.

Panos de algodão de saris velhos são os materiais mais comumente usados. Estes panos são mantidos no lugar com um cordão e são lavados e reutilizados durante até três anos. Devido à recente expansão da indústria de roupas, cuecas de baixo custo são facilmente encontradas. Um número crescente de mulheres consideram as cuecas mais confortáveis e seguras para manter o pano no lugar.

As mulheres pobres querem absorventes descartáveis?

A maioria das mulheres não podem gastar dinheiro com proteção sanitária. Sabiha, uma mulher de uma aldeia de Silhet comentou que, ‘Os absorventes descartáveis seriam convenientes para qualquer mulher pois eles não precisam de ser lavados e guardados mas não podemos pensar em gastar dinheiro com a menstruação. Para nós não há nenhum custo envolvido com a menstruação pois usamos roupas velhas.’

Quais são os mitos e restrições da menstruação?

Na cultura Bengali, as mulheres são geralmente consideradas impuras durante a menstruação. Uma mulher menstruada é considerada como sendo capaz de poluir ou destruir. Ela também é considerada como estando sob o risco de espíritos malígnos. Por causa destas crenças, esperase que a mulher mude os seus movimentos e comportamento quando está menstruada. Ela não pode comer certos alimentos como carne, ovos, peixes e legumes com folhas durante este período pois eles são considerados como sendo capazes de aumentar o estado impuro da mulher.

As pessoas acreditam com frequência que uma mulher menstruada…

  • não deve dormir com seu marido pois isso o prejudicaria.
  • não deve tocar num livro sagrado ou rezar.
  • não se deve aproximar de uma vaca. Se ela assim o fizer, acredita-se que a vaca produzirá menos leite e ficará doente.
  • não deve visitar pessoas doentes ou bebês recém-nascidos. Isto prejudicaria ou causaria doenças.
  • não deve tocar no recipiente onde o arroz é guardado. Isto destruiria a produção de arroz e traria má sorte para a família.
  • não deve sair de casa pois ela pode ser atacada por espíritos malignos que podem torná-la infértil.

Como são lavados os panos da menstruação?

Os panos da menstruação são considerados perigosos e como sendo algo de que as mulheres se devem envergonhar e não devem portanto, ser vistos por homens ou rapazes. A maioria das mulheres enxaguam os panos em latrinas e depois lavam-nos com mais cuidado do lado de fora da casa, às vezes com sabão. Depois de lavar os panos, elas secam-nos dentro de casa, escondidos num canto, debaixo da cama ou no telhado. Depois de cada período menstrual, os panos são lavados, secos e guardados num lugar secreto. 

Que problemas de saúde as mulheres encontram?

Devido às restrições culturais exigirem que os panos sequem dentro de casa, eles podem não secar completamente. Lavar os panos em rios ou lagoas sem o uso de sabão e secá-los em lugares húmidos e sem claridade facilitam a propagação de bolor e bactérias. Quando os panos são guardados entre uma menstruação e outra, eles às vezes são infestados com insetos. O uso repetido destes panos causa alergias que podem levar a problemas de saúde mais graves como infecções.

A menstruação com frequência causa desconforto físico, caimbras e cansaço. As restrições alimentares impostas sobre meninas e mulheres menstruadas assim como a proibição de comerem carne, peixes, ovos e certos vegetais podem aumentar o cansaço e agravar o seu estado geral de má nutrição.

Que problemas culturais as mulheres encontram?

Os tabus culturais ao redor da menstruação e da proteção sanitária impõem muitas restrições sobre a mulher, atrapalhando as suas atividades regulares. A crença de que o sangue da menstruação e a mulher menstruada são impuros reforça os sentimentos de vergonha e de baixa auto-estima na mulher.

O que pode ser feito?

Educação e conscientização O primeiro passo para se solucionarem os problemas é a educação e a conscientização. A menos que os pais e os maridos apreciem e compreendam as funções normais do corpo de uma moça, ela provavelmente não se sentirá bem consigo mesma. Devese Devese ajudar meninas adolescentes a sentirem orgulho no funcionamento normal de seus corpos. Tanto homens como mulheres devem ser alcançados por campanhas educacionais. Muitas organizações têm programas de saúde por extensão. A menstruação e a proteção sanitária devem receber um enfoque específico nestes programas e as seguintes áreas devem ser incluídas…

  • Uma explicação dos aspectos físicos do ciclo menstrual e das razões da menstruação.
  • A menstruação é um evento positivo, natural e saudável.
  • Importante comer alimentos nutritivos durante este período.
  • Muitos tabus são restritivos e negativos.

Saúde e higiene Os programas de educação sanitária também devem abordar a higiene dos materiais de proteção sanitária. As mulheres devem ser informadas que…

  • o uso repetido de panos sujos pode causar infecções
  • os panos devem ser lavados com água canalizada
  • os panos devem ser lavados com sabão ou sabão em pó
  • os panos devem ser secos ao sol
  • os panos podem ser guardados em sacos plásticos para evitar a infestação de insetos – embora precisem de estar bem secos
  • o uso de cuecas para manter os panos no lugar pode ser mais confortável do que o uso de cordões.

Outras maneiras de se lidar com estes problemas incluem a realização de campanhas para se conseguirem mais instalações sanitárias para mulheres, assim como quartos-de-banho em escolas e no local de trabalho.

Perguntas para discussão em grupos

  • Há tabus similares a respeito da menstruação em sua própria cultura?
  • As moças são incentivadas a se orgulharem sobre o funcionamento de seus corpos – ou elas são levadas a se envergonharem?
  • Onde podem as mulheres discutir estas questões abertamente? Onde podem elas obter conselhos médicos sem se sentir envergonhadas?
  • Como podem os homens se tornar mais compreensíveis sobre as necessidades das mulheres?

Allison Mathews escreveu este artigo ao trabalhar com mulheres pobres no Bangladesh durante dois anos. Ela trabalha agora na ‘Intermediate Technology’, a qual está interessada em entrar em contacto com outros grupos que trabalham com a conscientização destas questões. É favor contactar Mahjabeen Chowdhury, IT Bangladesh, GPO 3881, Dhaka 1000, Bangladesh.

Palavras usadas sobre a saúde da mulher

CESARIANA – uma operação para remover o bebê através de um corte no abdomen da mãe

CLITORIS – orgão pequeno e sensível da mulher que traz sentimentos de prazer sexual

CIRCUNCISÃO FEMININA – remoção das partes externas dos genitais de uma mulher

FISTULA – orifício na uretra ou no reto causando a perda de urina ou fezes pela vagina

GENITAIS – órgãos sexuais

INFIBULAÇÃO – tipo severo de mutilação, suturando-se a vagina da mulher

LABIOS – pele macia ao redor do exterior da vagina

OBSTÉTRICO – relacionado ao parto

PARTO OBSTRUIDO – quando o bebê está preso e não pode nascer naturalmente

PERINEO – pele e músculo ao redor da vagina que se dilata durante o parto

PUBERDADE – período quando mudanças hormonais resultam no começo da maturidade sexual

RETO – canal por onde passam as fezes

URETRA – canal por onde passa a urina

ÚTERO – o órgão onde o bebê cresce

VAGINA – passagem entre o útero e o exterior do corpo