Estudo bíblico

Medicamentos tradicionais: dádivas de Deus

Desde o princípio, lemos em Gênesis 1:29 como Deus colocou as plantas nas nossas vidas. Ele nos deu plantas que carregam sementes e árvores que carregam frutos para que as usássemos como alimento. E, assim, em todos os lugares, úmido ou seco, na terra ou no mar, crescem as plantas adequadas (Isaías 41:19).

  • O que isto significa nas nossas vidas diárias e para a vida na Terra?

Um corpo bem nutrido é também geralmente um corpo saudável. Quando temos uma dieta equilibrada (Ezequiel 4:9), o alimento que comemos pode ser visto como um cuidado preventivo da saúde. Além disso, Deus dá-nos o uso das plantas e das ervas para a cura, tanto física (2 Reis 20:7; Salmos 51:7) quanto emocional (Salmos 45:8; Gênesis 43:11).

  • Reflita sobre como as pessoas têm usado as plantas, as sementes e as ervas. Quais são as conseqüências deste uso?

O ministério de Jesus inclui tanto a cura espiritual (Mateus 9:2) quanto física. Ele usava a força divina (Lucas 5:17), a fé (Lucas 7:6-10; Lucas 18:42), o tato (Mateus 8:2-3) e até produtos preparados, tais como o lodo e a saliva, usados para a cura em João 9:6-7. Havia, também, rituais associados com a limpeza e a cura, tanto no Velho quanto no Novo Testamento (Levítico 14:49-57; João 17:12-19; Marcos 8:22-25).

  • Considere os diferentes métodos de cura existentes hoje em dia e os rituais associados a eles. Com quais deles você, como cristão, concorda, e por quê?

Leia Filipenses 1:9-10 e Tiago 1:5

Ao considerarmos o uso dos medicamentos tradicionais, façamos escolhas através do estudo e da observação cuidadosa, pedindo a Deus por sabedoria para vermos claramente que tratamentos são melhores, puros e inocentes.

A Dra Eva Ombaka é farmacêutica e a coordenadora da Ecumenical Pharmaceutical Network. Ela trabalha em Nairobi, Quênia. E-mail: ciss@net2000ke.com