Estudo bíblico: Aprendendo com jesus

Estudo bíblico

Aprendendo com Jesus

Roland Lubett

A aprendizagem e a educação eram altamente valorizadas na sociedade judaica do primeiro século. Cada povoado e cada comunidade tinha uma sinagoga, a qual servia como local tanto para a aprendizagem quanto para a oração. A aprendizagem na sinagoga era considerada uma parte importante do culto, pois suas escolas funcionavam todos os dias.

Naquela época, somente os meninos recebiam educação formal. A sinagoga geralmente tinha suas próprias escolas, onde os meninos estudavam a Torá hebraica até a idade de 12 ou 13 anos. O estudo consistia na memorização de vastas quantidades de materiais: passagens das Escrituras e comentários sobre elas escritos por estudiosos importantes. Depois desta idade, a maioria dos meninos deixava a escola e ia trabalhar, porém alguns dos estudantes mais promissores permaneciam na escola. Os mais capazes acabavam saindo de casa para estudar com algum professor famoso. Os meninos talentosos procuravam um Rabino (que significa “mestre”) para ser seu professor e mentor pessoal.

Os Rabinos eram os que explicavam Deus aos judeus. Deus era um mistério, mas Ele podia ser observado e seguido através das leis que Ele havia dado na Torá. Estas leis podiam ser obscuras, e era e ainda é o trabalho dos Rabinos tentar interpretá-las e decidir o que elas significam para a comunidade. Este papel conferiu aos Rabinos um status muito alto na vida social e na política judaica.

Vemos nos Evangelhos como Jesus aprendia e como ensinava. De certa forma, Jesus ensinava como outros Rabinos da sua época. O Rabino reunia um grupo de estudantes ou discípulos à sua volta, fazendo-lhes perguntas e fazendo-os debater os textos das Escrituras. Quando Jesus era criança, seus pais, aflitos, encontraram-no no templo “sentado entre os mestres, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas” (Lucas 2:41-51). Isto parece surpreendente, mas, na verdade, Jesus estava simplesmente fazendo o que os alunos do Rabino fariam, debatendo as Escrituras para explorar todas as possíveis compreensões do texto.

As pessoas estavam acostumadas com professores, mas Jesus era diferente. Estava claro para todos que ele tinha algo que os outros não tinham.

Leia Mateus 7:28-29 e João 3:1-2

  • O que diferenciava a abordagem de Jesus?
  • Com base no seu conhecimento do ministério de Jesus como um todo, que métodos de ensino Jesus usou para compartilhar sua mensagem?
  • O que podemos aprender com as abordagens de Jesus para aperfeiçoar a nossa própria maneira de ensinar, dar o exemplo e discipular?

Podemos aprender muito com a maneira como Jesus ensinava. A vida de Jesus seguia o modelo das suas palavras: ele fazia o que pregava, ao contrário dos escribas e fariseus, que eram cheios de palavras finas, mas cujas ações não correspondiam a elas (veja Mateus 23:1-4). Como ele falava as palavras que o Pai lhe havia dado, ele falava com autoridade absoluta, transmitindo a verdade de Deus a todos os que o ouviam. As palavras de Jesus eram vida e davam vida àqueles ao seu redor. E elas ainda dão vida a todos nós que o ouvimos falar aos nossos corações. Frequentemente os que o ouviam se surpreendiam com os seus ensinamentos e lhe faziam perguntas. Jesus também variava o estilo dos seus ensinamentos para adequá-los ao contexto. Ele tinha um dom para se comunicar com as pessoas comuns através de histórias.

Leia Filipenses 4:9; 1 Tessalonicenses 1:4-7; 2 Timóteo 3:16-4:4

  • O que estas passagens dizem sobre o ensino e a aprendizagem?
  • O que significa ser discípulo de Jesus hoje em dia e fazermos discípulos como Jesus fez?

Ser discípulo é aprender com Jesus, aprender a depender dele e obedecê-lo. É como ser um aprendiz que passa algum tempo com o seu mestre, observando-o e aprendendo a fazer o que ele está fazendo. Como discípulos de Jesus, também somos chamados a discipular uns aos outros. Caminhando com Jesus, passamos a ser mais como ele e mais capazes de mostrarmos uns aos outros o que significa ter uma “vida com Jesus”.

Roland Lubett é Professor de Estudos de Desenvolvimento no All Nations Christian College, em Ware, Reino Unido. Site: www.allnations.ac.uk