Jovens on-line

Passo a Passo 109 - Jovens

A Passo a Passo 109 celebra a energia e a criatividade dos jovens e examina como lhes oferecer o apoio de que precisam para florescer.

Jovens on-line

A tecnologia digital – especialmente a internet – transformou o mundo em que vivemos. Globalmente, os jovens (de 15 a 24 anos) são os que mais usam a internet. O Unicef relata que quase três quartos dos jovens usam a internet, em comparação com cerca da metade da população geral.

A internet oferece oportunidades para que os jovens aprendam, se socializem, encontrem trabalho e façam com que sua voz seja ouvida. À medida que as pessoas interagem on-line, as barreiras associadas à idade, ao gênero, à etnia, à deficiência, à riqueza e ao status são rompidas. Frequentemente é fácil encontrar informações e respostas para perguntas na internet, e os grupos de apoio podem oferecer ajuda e incentivo. 

No entanto, há alguns riscos associados à internet, entre eles, o bullying (intimidação), o uso indevido de informações privadas (inclusive o roubo de identidade) e o acesso a informações impróprias ou falsas. 

A internet também pode aumentar as divisões sociais e econômicas entre as pessoas que têm acesso a ela e as que não têm.

Oportunidades e riscos

Use as páginas a seguir para iniciar discussões sobre as oportunidades e os possíveis desafios da internet. Essas discussões ajudarão mesmo as pessoas que ainda não usam a internet a saber onde encontrar informações confiáveis, o que evitar e como permanecer em segurança quando começarem a usá-la.

Pontos de partida para discussões:

  • Na sua opinião, quais são os benefícios de ter acesso à internet? Há alguma desvantagem? 
  • Você acha que dizer algo on-line é o mesmo que dizê-lo pessoalmente? Por quê? 
  • O que você faria se visse algo on-line de que não gostasse (por exemplo, conteúdo sexual ou violento)? 
  • Como você pode garantir que suas informações particulares não possam ser vistas ou usadas por estranhos? (Veja https://internetsegura.br para obter mais informações.) 
  • O que você faria se alguém que conheceu on-line lhe pedisse dinheiro ou quisesse conhecê-lo/la?
Crianças em idade escolar na província de Sindh, no Paquistão, aprendendo matemática e inglês através de aulas pré-carregadas em tablets. Foto: Salvin John/Parceiro da Tearfund
Crianças em idade escolar na província de Sindh, no Paquistão, aprendendo matemática e inglês através de aulas pré-carregadas em tablets. Foto: Salvin John/Parceiro da Tearfund

Estudo de caso: onde não há internet

Apenas cerca de 7% dos agricultores sem terra na província de Sindh, no Paquistão, sabem ler e escrever, em comparação com um índice nacional de alfabetização de 60%. Um dos parceiros da Tearfund está trabalhando com as comunidades para abrir escolas administradas pela comunidade e iniciar aulas de alfabetização para adultos.

Os comitês de gestão escolar perceberam que, devido à falta de acesso à internet, suas crianças e jovens estavam perdendo oportunidades em comparação com os jovens de outras partes do país. Eles pediram ao parceiro da Tearfund que os ajudasse a encontrar financiamento para comprar computadores portáteis (conhecidos como tablets) para algumas das escolas. 

Os tablets são pré-carregados com aulas digitais, jogos educativos e outras informações. As informações são atualizadas regularmente quando os tablets são levados para a cidade mais próxima. Alguns dos tablets também estão equipados com um dispositivo para permitir uma pequena quantidade de conexão à internet nos povoados. Eles vêm com carregadores solares e baterias. 

Os professores usam os tablets para reforçar suas aulas e, ao mesmo tempo, mostrar às crianças como usar a tecnologia. Os tablets também oferecem oportunidades para discussões sobre os benefícios e os riscos da internet, em preparação para quando as crianças tiverem um acesso mais permanente a ela.

Para obter mais informações, envie um e-mail para publications@tearfund.org ou escreva para Footsteps Editor, Tearfund, 100 Church Road, Teddington, TW11 8QE, Reino Unido.

Graeme McMeekin
Graeme McMeekin é o Diretor da Tearfund na Escócia. E-mail: graeme.mcmeekin@tearfund.org