Como envolver pessoas de fora

Às vezes os grupos envolvidos em um conflito reconhecem, por si próprios, a necessidade de fazerem algo, de reuniremse e discutirem os problemas. Eles negociam para encontrar uma solução.

Negociação Isto ocorre quando as pessoas, ou grupos em conflito, se encontram face a face para encontrar uma solução que seja aceita por ambos.

No entanto, geralmente é necessário um ‘terceiro’, que talvez seja alguém (ou uma equipe) de fora, talvez para começar o processo, ajudar em etapas específicas ou permanecer sempre disponível.

Há muitas maneiras como uma pessoa de fora pode ajudar. Alguns exemplos de papéis que uma pessoa de fora pode ter são explicados a seguir. As palavras usadas para descrever estes papéis podem ser confusas em qualquer língua e, às vezes, pode ser ainda pior quando são traduzidas para outras línguas. Encontrar a palavra exacta não importa – o que importa é que todas as pessoas envolvidas compreendam claramente e concordem com o que a pessoa de fora pode fazer. É possível que a pessoa de fora mude de papéis durante o processo, mas isto só pode ser feito se todas as pessoas em questão compreenderem e estiverem de acordo com isto.

Papéis de uma pessoa de fora

Descobridor dos factos Uma pessoa que não esteja directamente envolvida, que recolhe informações de todos os lados e prepara uma lista das questões chaves.

Facilitador Uma pessoa que não esteja directamente envolvida e que ajuda as duas partes a encontrarem-se para discutirem os problemas, mas que não tem nenhuma autoridade para tomar uma decisão.

Mediador Uma pessoa que não esteja envolvida na disputa, que conversa separadamente com as pessoas em conflito, buscando reduzir os sentimentos fortes que fizeram com que o conflito se tornasse tão difícil. Ela ajuda as pessoas em conflito a encontrarem uma maneira de continuar conversando, para que seja alcançado um acordo.

Intermediário Alguém que, apesar de não estar directamente envolvido na disputa, tem opiniões sobre algumas questões e deseja que o resultado se encaixe dentro destas opiniões.

Árbitro Alguém que não esteja directamente envolvido, que ouve os depoimentos de cada lado e, então, toma uma decisão que todas as partes devem aceitar.

Policial Alguém que não esteja directamente envolvido, que avisam a todos sobre a lei e lhes adverte sobre as conseqüências de contrariá-la. Se necessário, ele pode forçar as pessoas a obedecerem à lei.

Juiz Um juiz fica fora da disputa e ouve os argumentos de ambas as partes, supervisiona os processos de um tribunal e faz um julgamento, de acordo com a lei.

NB É pena que, em muitas situações, os juízes e policiais podem estar influenciados de modo desfavorável ou abertos à corrupção.