Blocos de minerais

Quando a terra é escassa ou infértil, os animais, com freqüência, sobrevivem com uma alimentação pobre de moita, refugo das colheitas e palha. Nestas condições, os animais crescem e reproduzem-se lentamente, produzindo menos leite e carne. Entretanto, a demanda de produtos animais, seja de leite, carne ou couro, permanece alta. Quaisquer idéias que possam incentivar um crescimento e uma saúde melhor dos animais são bem-vindas.

Melhor nutrição 

Os cientistas descobriram que pequenas mudanças no equilíbrio dos nutrientes e minerais dados aos animais podem resultar num crescimento mais rápido, numa produção de leite maior e também numa maior fertilidade. Uma nutrição melhor é importante para os animais e não apenas para as pessoas!

A maioria dos animais beneficiam-se muito com níveis mais altos de nitrogênio, que os ajuda a digerir materiais vegetais duros, como talos e moitas. Os minerais como o enxofre, o fósforo, o sódio, o cálcio e o magnésio também melhoram sua saúde. Podem-se comprar blocos de minerais ou de sais caros – mas a boa notícia é que os fazendeiros podem fazê- los de forma muito barata usando uma mistura dos seguintes ingredientes:

Uréia (um fertilizante inorgânico de baixo custo) é uma fonte barata de nitrogênio.

Melaço (um derivado da refinação de açúcar) é uma boa fonte de minerais e vitaminas.

Materiais para a liga, que fazem com que os blocos fiquem firmemente colados, incluem o cimento, o barro ou quiabo triturado. O barro de um ninho de cupim triturado e peneirado é o ideal.

Outros derivados úteis que podem ser usados, se houver bastante disponibilidade, são o sedimento do azeite-de-dendê (óleo de palma), debulho de trigo ou arroz, farinha de semente de algodão e farinha de coco.

Exemplos de receitas para blocos de minerais 

São mostradas três receitas (A, B e C) na tabela, para que os agricultores escolham a que use os ingredientes mais fáceis de serem encontrados em suas regiões.

  • Dissolva a uréia em água ou em melaço. Num recipiente separado, misture os outros ingredientes secos. Junte lentamente o líquido feito com a uréia aos ingredientes secos, para fazer uma pasta grossa. Acrescente água, se necessário, mas apenas o suficiente para misturar tudo junto (de maneira que, se você apertar a mistura, não saia nenhuma água).
  • Coloque em caixas de madeira, bacias de metal grandes, cabaças ou latas grandes forradas com sacos de plástico. Deixe os blocos endurecerem por duas semanas. Quando estiverem secos, leve-os para fora para os seus animais. Não se deve permitir que eles os comam em demasia, pois a uréia contida nos blocos pode ser prejudicial para os animais, se consumida em excesso. Uma sugestão útil é deixá-los à disposição dos animais perto das fontes de água, assim eles podem usá-los por curtos períodos de tempo todos os dias. Os blocos podem ser colocados no chão ou amarrados a uma árvore ou a um poste de cerca.

Geração de recursos 

Alguns fazendeiros e grupos comunitários começaram a produzir saleiros para vender em seu povoado como uma atividade para gerar recursos. Os fazendeiros do Quênia não podiam pagar o preço dos blocos de minerais comerciais, mas quando alguns grupos de fazendeiros começaram a produzir blocos de minerais locais, os habitantes do povoado começaram a comprá-los.

Estes blocos devem ser usados apenas para animais adultos que pastem (ruminantes) tais como gado, ovelhas, cabras e camelos. Eles não devem ser usados com cavalos, burros, mulas ou aves (galinhas).

Baseado em informações fornecidas por A. Issaka e F. Djangno em Baobab 25 e Kristin Davis e Don Cobb (Echo Development Notes 65 e 76). 

INGREDIENTES

A

B

C

melaço

5kg

1kg

uréia

1kg

1kg

1kg

sal

0.5kg

1kg

1kg

cimento em pó

0.5kg

0.5kg

0.5kg

barro

-

-

1.5kg

farelo de cereais ou farinha de semente de algodão

2.5kg

6.5kg

6kg

água

-

5 ltr

3-4 ltr