Cartas

Medicina tradicional

Testes científicos provaram as propriedades cicatrizantes de uma planta usada tradicionalmente na medicina africana para estancar o sangue de ferimentos. A Aspilia africana (Compositae) cresce por toda parte na África e é tradicionalmente usada para estancar o sangue e limpar as superfícies das feridas. Ela também é usada para tratar dores reumáticas e ferroadas de abelhas e escorpiões. Para obter mais informações, acesse www.biomedcentral.com/1472-6882/7/24

Gordon Wilkinson, Area Volunteer Coordinator, Tearfund South East, Rivendell, The Limes, Felbridge, East Grinstead, Inglaterra. RH19 2QY

E-mail: tearfund@felbridge.com


Reciclagem de lixo

Trabalho para a Diobass Platform, um programa de desenvolvimento com base na comunidade em Kivu, na República Democrática do Congo. Estamos tentando fazer algo sobre o problema ecológico causado pelo lixo e pelos resíduos que são atirados nas áreas urbanas. Desde março de 2007, estamos classificando o lixo e produzindo composto para ser usado pelos agricultores locais.

Devido à mudança climática e ao desmatamento, precisamos urgentemente proteger as florestas restantes, encontrando combustíveis alternativos. Queremos usar certos produtos residuais para fazer blocos de carbono que possam ser usados como combustível para cozinhar e aquecer. Nossa primeira tentativa fracassou, pois não tínhamos uma substância aglutinante para compactar os blocos de carbono. Gostaria muito de entrar em contato com qualquer leitor da Passo a Passo que saiba de alguma técnica básica para isto.

Achamos que a reciclagem de produtos residuais poderia criar renda e emprego para milhares de lares e garantir uma qualidade de vida melhor. Ficaria muito contente em entrar em contato com outros leitores e trocar experiências.

Innocent Balagizi,  Diobass Platform,  Kivu

E-mail: balkarh@yahoo.fr


Cuidando dos órfãos

Fiquei muito contente ao receber as informações sobre cuidados infantis na Passo a Passo 72. Trabalho para o Programa de Desenvolvimento Rural PYSOW, em Uganda. Estamos tentando ajudar os órfãos e as crianças vulneráveis na nossa comunidade. A maioria destas crianças perdeu os pais por causa da AIDS. Nossa comunidade é muito pobre, assim, é difícil satisfazer as necessidades das crianças. Estas necessidades consistem em alojamento, educação, proteção, vestuário, alimentação e cuidados de saúde. Gostaríamos de receber mais aconselhamento sobre cuidados infantis dos leitores da Passo a Passo, principalmente sobre como ajudar as famílias chefiadas por crianças.

Julius Blasio Mugwanya Coordinator, PYSOW Rural Development Programme,  PO Box 908,  Masaka,  Uganda. 

E-mail: pysowrdp@yahoo.ca


HIV e a segurança alimentar

Organizamos “escolas de campo”, as quais oferecem treinamento para adultos sobre técnicas agrícolas para ajudar as plantações a resistirem às doenças e às pragas usando pesticidas somente como último recurso. O treinamento das “escolas de campo” é realizado através da discussão, da troca de experiências e ajudando os produtores a encontrarem as suas próprias soluções para os problemas que enfrentam. Nós os ajudamos a usar a tecnologia adequada e a proteger o ecossistema.

O HIV é um problema que pode afetar a colheita, porque, quando as pessoas ficam doentes, elas não podem trabalhar nos campos. Então, também estamos realizando sessões de treinamento e conscientizando as pessoas sobre o HIV nas nossas escolas de campo.

Manzukula Mbiyavanga,  Av Masielele 12,  Mbanza Ngungu,  Bas-Congo,  República Democrática do Congo.


Traduções locais para o plantio de árvores

Desde que a nossa carta “Ezang: uma árvore com vários fins” foi publicada na Passo a Passo 65, muitas pessoas entraram em contato conosco. A maioria das pessoas com quem trabalhamos em Camarões achava difícil entender os termos técnicos usados para discutir os métodos para o plantio de árvores. Então, decidimos publicar estes métodos traduzidos para os idiomas locais. Estes guias cobrem:

  • Como fazer mudas.
  • Mergulhia.
  • Enxertadura.
  • Construção de uma estufa para mudas e mergulhia.
  • Como iniciar um depósito de madeira e cuidar da sementeira.

Realizamos encontros de treinamento em tradução para podermos produzir estes documentos nos vários idiomas locais. Desta forma, estamos ajudando a diminuir a pobreza e a subnutrição nas comunidades e, ao mesmo tempo, promovendo a alfabetização.

Gostaríamos muito de ajudar qualquer comunidade interessada no cultivo de árvores e que deseje ter estes documentos escritos no seu próprio idioma para entender melhor os vários métodos.

Gaston D. Bityo Project Coordinator Volontaires au service du developpement (VSD), BP 14 920, Yaounde, Camarões.
E-mail:
bizang_vsd@yahoo.fr
gaston_bityo@kastanet.org