Patos

Os patos podem ser usados pela sua carne e ovos. Foto: Layton Thompson/Tearfund
Os patos podem ser usados pela sua carne e ovos. Foto: Layton Thompson/Tearfund

Os patos, assim como outras aves, podem ser usados pela sua carne e ovos. Há várias maneiras de criar patos. O método mais simples, em que os patos são criados no quintal como parte de uma fazenda mista, requer pouco capital. 

Para decidir como criar patos, o agricultor ou extensionista precisa fazer uma série de perguntas: 

  • Os patos são destinados ao uso próprio ou você também quer vender os produtos? Se estiver pensando em ter patos para vender seus produtos, é importante saber se há um mercado para os ovos ou para a carne. 
  • A criação de patos irá enquadrar-se bem com o resto das suas atividades? Você tem espaço para patos? Não só você precisa de espaço para um abrigo e suprimento de água para os patos, mas seus cuidados diários também consomem tempo e podem atrapalhar outras atividades.  
  • Onde você obterá patinhos para manter o estoque? Você mesmo vai reproduzi-los ou você comprará patinhos quando precisar? Se estiver pretendendo comprá-los, você tem certeza de que haverá um suprimento regular no futuro? 
  • Que alimento você dará aos patos? Onde você pode obter ração? Você tem alimento suficiente disponível na sua granja ou terá de comprar alguns tipos de ração? Os patos podem procurar grande parte dos seus alimentos por si próprios, mas frequentemente é necessário lhes dar alimentos adicionais na estação seca. Se os patos forem caipiras, eles terão maior probabilidade de sofrer de deficiência de vitaminas e sais minerais. 

Vantagens dos patos em comparação às galinhas: 

  • Os patos são mais fortes do que as galinhas: eles precisam de menos atenção e têm menos probabilidades de adoecerem do que elas.  
  • Os patos são maiores do que as galinhas, portanto, se eles forem criados para o corte, haverá mais carne para vender. Os ovos de pato também são maiores do que os de galinha.  
  • Os patos não precisam necessariamente de cereal e milho suplementar.  
  • As galinhas normalmente precisam de ração suplementar de alta qualidade. Os patos comem mais materiais vegetais e insetos do que as galinhas. Os patos também comem caracóis. 

Desvantagens dos patos em comparação às galinhas:

Os patos são aves aquáticas e precisam de água para se reproduzirem e crescer bem. Um tanque de água ou um lago tomam muito espaço. Pode-se também fornecer um cocho de água para que os patos possam tomar banho. Os tanques, os lagos, os cochos ou as banheiras precisam ser mantidos limpos e higiênicos.  

  • O pato-selvagem (às vezes, chamado de pato-do-mato) tem menos necessidade de se refrescar e, portanto, menos necessidade de um suprimento constante de água para banho. O marreco de Pequim vem originalmente de climas mais frios e precisa viver perto da água. Esse pato precisa de água para manter seu corpo na temperatura certa. 

Essas informações foram adaptadas a partir de Agrodok 33: Criação de Patos nas Regiões Tropicais, escrito por S. J. van der Meulen e G. den Dikken, Agromisa Foundation, Wageningen, 2004. Mais informações sobre essa publicação, inclusive como encomendá-la ou baixá-la, podem ser obtidas na página 13.  


Estudo de caso – Camboja 

Chantha Im e Savorn Rath são casados e têm três filhas. Eles vivem num povoado no Camboja e costumavam criar patos de uma forma muito tradicional: soltando-os nos campos durante o dia para que procurassem alimento. Porém, esse método causava vários problemas: os patos cresciam muito devagar, frequentemente sofriam de doenças e, às vezes, morriam sem que a família soubesse por quê. Os próprios membros da família frequentemente adoeciam também. 

Em 2009, uma ONG local chamada Wholistic Development Organization começou um projeto de desenvolvimento comunitário holístico no povoado. Depois de fazer o curso, o Sr. Im começou a plantar legumes e usar parte deles para alimentar a família e parte para alimentar os patos. Ele também aprendeu a melhorar a forma como cuidava dos seus patos e galinhas. Ele começou a colocar um mosquiteiro sobre o galinheiro durante a noite, alimentar seus patos três vezes por dia com ração orgânica e restos de legumes da sua cozinha e construiu habitações para todas as suas aves. Depois de seis meses, os patos da família tinham atingido dois ou três quilos e puderam ser vendidos por um bom preço. Com o dinheiro que ganharam com a venda dos patos, eles conseguiram comprar fertilizante para o seu arrozal, uma televisão, um celular e outros materiais de cozinha. A família inteira beneficiou-se, pois as filhas também puderam terminar o ensino secundário. 

Escrito pela Sra. Chhenglang Nget, traduzido para o inglês por Yauk, Kunthea Sambo