Cultivo de cogumelos

O cultivo de cogumelos pode ser uma forma útil de ter uma renda quando a mudança climática torna a agricultura menos confiável. Os cogumelos também podem ser usados como alimento adicional para a família. Eles crescem rápido e são ricos em proteínas, vitaminas e sais minerais. Você não precisa de terras para cultivar cogumelos, por isso, essa é uma atividade útil tanto em zonas urbanas quanto rurais.

Existem várias maneiras de cultivar cogumelos. Eles podem ser cultivados em sacos de plástico, vasos, troncos ou bandejas de madeira empilhadas – em qualquer lugar onde a quantidade de luz, a temperatura e a água puderem ser controladas. Um prédio simples pode fornecer condições controladas para o cultivo. O ciclo de cultivo leva de um a três meses. Se possível, obtenha orientação de alguém com boa experiência antes de começar.

Há várias espécies de cogumelos comestíveis, e cada uma cresce melhor em um meio de cultura específico. No entanto, algumas espécies podem ser cultivadas numa grande variedade de materiais. O meio de cultura pode ser feito com materiais como palha de arroz, farelo de arroz, folhas de bananeira, serragem e troncos (veja o quadro). Os tipos de cogumelos mais fáceis de cultivar em regiões quentes são o cogumelo ostra, o cogumelo palha e o cogumelo maitake.

Escolha um meio de cultura que seja fácil de obter. Ele precisa ser picado, deixado de molho na água por vários dias (para matar os insetos) e, depois, seco e misturado com um pouco de cal e fertilizante. O ideal é que ele seja esterilizado com vapor. Você pode usar um tambor de 200 litros ou um recipiente semelhante para fazer um esterilizador. Modifique o recipiente de modo que o meio de cultura seja mantido na parte superior, e ferva um pouco de água na parte inferior.

Em seguida, coloque o meio de cultura em recipientes e acrescente a semente-inóculo de cogumelo.

OBSERVAÇÃO: A melhor forma de produzir a semente-inóculo de cogumelo é em condições estéreis especiais. Você provavelmente precisará adquiri-la de um fornecedor especializado. Você pode pesquisar os fornecedores locais na Internet ou perguntar a membros da comunidade, universidades ou ONGs.

Depois de colocada no meio de cultura, a semente-inóculo produz algo chamado micélio, semelhante a fibras brancas, que leva cerca de 10 dias para se espalhar pelo meio de cultura. O micélio começará a produzir cogumelos. Estes geralmente crescem em lotes, com intervalos de alguns dias. Quando a produção de cogumelos realmente diminuir, depois de dois ou três meses, você poderá começar o processo novamente. Use o antigo meio de cultura como adubo ou fertilizante para outras culturas.

Principais passos

1. Encontre e limpe um prédio ou recipientes onde a temperatura, a umidade e a quantidade de luz possam ser controladas.

2. Escolha e prepare o meio de cultura.

3. Esterilize o meio.

4. Semeie o meio de cultura em sacos ou canteiros com a semente-inóculo.

5. Mantenha a temperatura, umidade, higiene e iluminação corretas. Estas serão diferentes para cada espécie.

6. Colha, processe, embale e venda os cogumelos.

7. Limpe a área de cultivo e comece novamente com um meio de cultura e semente-inóculo novos.

Os cogumelos são delicados. Colha-os com uma faca afiada e coloque-os em cestos ou caixas para transportá-los. Se sobrarem cogumelos, estes poderão ser secos e armazenados para serem usados no futuro.

O ideal é comprar semente-inóculo nova cada vez que você iniciar o processo. No entanto, se isso for difícil ou caro, você pode guardar parte do meio de cultura anterior e usar a semente-inóculo desse meio no próximo.

Para obter mais informações, consulte Agrodoks 40 e 41 da CTA. Acesse http://publications.cta.int and type ‘mushroom’ into the search box.

Veja também o resumo técnico da Practical Action: www.practicalaction.org/mushroom-growing

OBSERVAÇÃO: Algumas variedades de cogumelos podem ser venenosas. É importante obter aconselhamento especializado antes de iniciar um projeto de cultivo de cogumelos.


Foto: Will Boase/Tearfund

Exemplos de meios de cultura

  • Palha de arroz/trigo – cogumelo comum, ostra, palha
  • Polpa de café – cogumelo ostra e shiitake
  • Serragem – cogumelo shiitake, ostra, pom pom, orelha ou maitake
  • Aguapé – cogumelo palha e ostra

Projeto de cultivo de cogumelos da Moucecore, Ruanda

Em 2006, foi iniciado um projeto de cultivo de cogumelos no distrito de Burera, Ruanda. Havia 40 grupos de poupança na região. Com a ajuda da organização parceira da Tearfund, Moucecore, os membros dos grupos reuniram-se e decidiram formar uma cooperativa.

Eles não tinham água limpa na sua região. Não havia muita terra disponível, e a terra não era muito fértil. Havia também tensão entre os grupos étnicos. Depois de analisar a situação, eles juntaram suas poupanças e começaram um projeto de cultivo de cogumelos. Os resíduos domésticos e das culturas foram misturados com cal, serragem e ureia para produzir “montes de cogumelo” (porções de meio de cultura). Estes podiam ser vendidos a famílias, juntamente com a semente-inóculo. Era possível cultivar até 10 montes em um metro quadrado. Assim, até mesmo as famílias mais pobres podiam participar. Cada monte podia produzir até 1,5 kg de cogumelos por semana, durante três meses.

O projeto de cultivo de cogumelos foi um grande sucesso. A dieta e a renda das pessoas melhoraram. Os cogumelos eram vendidos a hotéis, restaurantes, hospitais e internatos, bem como nos mercados locais. O trabalho em conjunto também restaurou os relacionamentos.