Estudos bíblicos

Estes estudos bíblicos são destinados para uso em pequenos grupos. Eles podem servir como uma introdução útil para uma reunião em que diferentes tópicos do Guia serão discutidos. Escolha um estudo que esteja ligado ao tópico que você pretende estudar ou que seja relevante para a situação. Durante os estudos, incentive as pessoas a refletir sobre o que leram, discutir o significado e as implicações do que aprenderam e, finalmente, orar juntas pelas coisas sobre as quais aprenderam.

 

ESTUDO BÍBLICO 1 Provisões de Deus para o futuro

Leia Gênesis 41:17-41, em que os sonhos de Faraó são descritos.

  • O que aconteceu no sonho de Faraó (41:17-24)?

José explica que Deus mostrou a Faraó o que ia fazer (41:25-32).

  • O que ia acontecer?
  • Por que o sonho é dado em duas formas (versículo 32)?
  • Que medidas José recomenda nos versículos 33-41? Observe as etapas envolvidas.

Este plano pareceu bom a Faraó e todos os seus servos, embora armazenar cereais suficientes para durar por sete anos para uma nação inteira seja um empreendimento gigantesco.

  • Que qualidades nos são ditas que a pessoa encarregada necessita (versículos 33, 38, 39)?

José é escolhido para a função; os anos de fartura - Leia Gênesis 41:46-49.

  • O que José faz durante os anos de fartura?

A fome – Leia Gênesis 41:53-57.

  • Até aonde ia a fome?

Muitas vidas foram salvas através do aviso misericordioso de Deus, da abertura de José para Deus e da atitude certa de Faraó.

  • Você está aberto para Deus e pronto para agir?
  • Você está usando com sabedoria tudo o que Deus lhe deu para prover para o futuro para si mesmo, sua família, a comunidade e os outros?

 

ESTUDO BÍBLICO 2 Confiança nas provisões de Deus

Leia Mateus 14:13-21. Jesus retirou-se para um local deserto, ao ficar sabendo da morte de João Batista (Mateus 14:6-13), mas a multidão o seguiu. Ao invés de mandá-los embora, Jesus sente compaixão por eles e cura seus enfermos. O entardecer chega, é tarde e é um lugar deserto. Os discípulos sugerem a Jesus que mande a multidão embora para as aldeias para comprarem comida.

  • Qual é a resposta de Jesus (versículo 16)?
  • Quanta comida há disponível (versículo 17)?
  • Quantas pessoas são alimentadas (versículo 21)?
  • Todos comeram e saciaram-se, e sobraram doze cestos cheios. “Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.” (João 6:12)
  • Compare Lucas 12:22-26 (ou Mateus 6:25-27).

Jesus não está dizendo que não devemos semear, colher ou armazenar alimento. Ao invés disso, somos chamados para sermos bons administradores do que nos é dado. Ele está dizendo que não nos devemos preocupar com estas coisas. Deus, nosso Pai, sabe de nossas necessidades (Lucas 12:30 ou Mateus 6:32) e as proverá. Jesus prometeu-nos: “Buscai antes o reino de Deus, e todas essa coisas vos serão acrescentadas.” (Lucas 12:31 ou Mateus 6:33).

  • Você crê que Deus suprirá suas necessidades?

Filipenses 4:19 diz: “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.”

 

ESTUDO BÍBLICO 3 Administração: usando o que nos foi dado

Leia Mateus 25:14-30 – Um homem, partindo de viagem, chama os seus servos e pede-lhes que cuidem de seus bens, enquanto ele estiver fora.

  • O que o orienta na distribuição de seu dinheiro (versículo 15)?

Os servos com cinco e dois talentos usam o que lhes é dado, dobrando-o, mas o servo com um talento enterra-o na terra.

  • Por que este servo não usa o talento que recebeu?

O mestre julga o servo por suas próprias palavras. Se ele sabia que o mestre ceifava onde não havia semeado, ele deveria ter dado o dinheiro ao banco, para devolver o que lhe for a dado com juros. Este servo, na verdade, não tinha nada em primeiro lugar, não porque não havia recebido nada, mas porque decidiu não usar o que lhe fora dado. Seu mestre chama-o de mau e negligente, e ele é lançado às trevas.

Os dois escravos que usaram bem o que lhes havia sido dado permanecem com o mestre e compartilham o seu gozo. Porque foram fiéis sobre o pouco, eles são encarregados de muitas coisas.

  • A quem a Terra e todas as coisas pertencem? (Êxodos 9:29, Deuteronômio 10:14, Salmo 24:1-2)

Tudo o que possuímos vem de Deus. Ele confia em nós para cuidarmos do que nos dá (Gênesis 2:15, Gênesis 9:3) e para o usarmos bem (1 Pedro 4:10).

  • O que Deu lhe deu, e como você o está usando?

 

ESTUDO BÍBLICO 4 Guarda: ganância e generosidade

Leia Lucas 12:13-21 – Jesus quer que evitemos todos os tipos de ganância. “A vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.”

  • O que acontece com o tolo rico da parábola?

O homem que preparou muitas coisas para si mesmo, mas não é “rico para com Deus”.Da mesma forma, Provérbios 21:13 diz: “O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre também clamará e não será ouvido.”

Somos incentivados a ser generosos com o que Deus nos deu. Devemos ter um coração aberto e estar dispostos a emprestar aos pobres (Êxodos 23:11; Deuteronômio, 15:7-8). Também nos é dito que sejamos ávidos para compartilhar e dar uns aos outros (Atos 4:34-35; 1 Coríntios 16:2, Gálatas 2:10).

Leia 2 Coríntios 9:6-11 – Deus ama ao que dá com alegria, e nós ceifaremos o que semearmos. Ele nos promete: “Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.”

  • De que maneiras esta generosidade é expressa (versículos 11, 12)?

Jesus também diz: “Dai e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida que medirdes também vos medirão de novo.” (Lucas 6:38)

  • Você está escutando o clamor dos pobres?
  • Como grupo, como vocês poderiam fazer mais pelos pobres necessitados, tanto dentro quanto fora da sua comunidade?

 

ESTUDO BÍBLICO 5 Controle de pragas: o problema do pecado

Quando até mesmo os menores dos insetos se multiplicam, eles podem destruir um celeiro cheio de cereais.

  • Que outros exemplos os seguintes versículos dão de pequenas coisas com grandes conseqüências? Cantares 2:15, 1 Coríntios 5:6; Gálatas 5:9, Tiago 3:5b.

A Bíblia diz que o pecado pode ser o mesmo. Embora ele comece sendo pequeno e possa parecer insignificante, se não lidarmos com ele, no final, ele levará à destruição de nossas vidas.

  • Para cada um dos seguintes versículos ou passagens, observe os tipos de pecado que se foram alastrando e crescendo:
    • Ciúmes: Gênesis 4:2b-8; Gênesis 37:3-4, 17b-20
    • Idolatria: 1 Reis 16:31; Oséias 13:2
    • Ignorar os planos de Deus: Isaías 30:1
    • Mentira: Jeremias 9:3
    • Desobedecer a Deus e servir a outros deuses: Jeremias 16:11-12
    • Imoralidade sexual: 1 Coríntios 5:1-2, 6
    • Ignorar a graça de Deus: Gálatas 5:4-9
  • Qual é a conseqüência final de cedermos aos nossos pecados? Romanos 6:20-21, 23a; Tiago 1:13-15
  • Peça a Deus que lhe mostre hoje se você tem algum pecado “pequeno”, lembrando-se das suas palavras: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:8-9)

 

ESTUDO BÍBLICO 6 Controle de pragas: controle e proteção

Neste Guia PILARES, examinamos algumas maneiras de evitar que os insetos vivam e se propaguem em nosso celeiro (G6–8). Da mesma forma, nos é dito que nos protejamos a nós mesmos contra o pecado e evitemos que ele se propague ainda mais em nossas vidas ou nas vidas dos outros.

Leia Efésios 6:13-18 – Esta passagem fala do revestimento protetor de uma armadura, que podemos usar contra os planos do demônio.

  • Como as seguintes coisas o protegem?
    • A cinta da verdade: versículo 14
    • A couraça da justiça: versículo 14
    • A preparação que vem do evangelho da paz: versículo 15
    • O escudo da fé: versículo 16
    • O capacete da salvação: versículo 17
    • A espada do Espírito, que é a Palavra de Deus: versículo 17
    • Oração: versículo 18
  • Como somos incentivados a manter nossas mentes livres do pecado? (Filipenses 4:8 e Colossenses 3:1-3)
  • O que mais nos é dito para que façamos em Tiago 4:7? O que isto significa na prática?

Finalmente, temos um grande auxiliar para nos ajudar – o Espírito Santo (Efésios 5:18, Gálatas 5:16).

  • Que frutos ele produz em nós? Gálatas 5:22-23

 

ESTUDO BÍBLICO 7 Controle de pragas: purificação e perdão

Na folha G10 (página 22), aprendemos a necessidade de limpar nossos celeiros completamente antes de enchê-los e que devemos realizar inspeções periódicas e agir imediatamente, se percebermos algum dano.

A Bíblia diz que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”, (Romanos 3:23) e que se dissermos que não temos pecado, estamos mentindo (1 João 1:8-10). Todos precisamos ser purificados.

Leia João 13:2-11 – Aqui lemos sobre Jesus lavando os pés dos discípulos. Deus é quem nos purifica e nos perdoa (Isaías 53:4-6; Ezequiel 36:25; Efésios 1:7; 5:25-26) através do sacrifício de Cristo na cruz, ao derramar seu sangue por nós.

Recebemos este perdão ao confessarmos o que fizemos de errado em nossas vidas e crendo no poder de Deus para nos purificar (Salmos 51:4, 7; Atos 2:38).

  • Por que Pedro se recusa a deixar Jesus lavar seus pés (versículo 8)?
  • Qual é a resposta de Jesus (versículo 8)?
  • Como Pedro responde? O que ele realmente está dizendo (versículo 9)?
  • O que Jesus lhe diz para tranqüilizá-lo (versículo 10 – compare com 1 Coríntios 6:11)?

Aqueles que deixaram de errar e que vêm a Cristo podem receber o seu perdão, e seu corpo inteiro está purificado. Porém, nossos pés ainda ficam sujos e precisam ser lavados: precisamos examinar-nos a nós mesmos periodicamente e confessar os nossos pecados uns aos outos e a Deus, para nos mantermos purificados (Tiago 5:16).

 

ESTUDO BÍBLICO 8 Enchendo-se com o Espírito Santo

Uma vez que o celeiro esteja limpo, ele está pronto para ser enchido com os novos cereais. Da mesma forma, uma vez que estejamos purificados, Deus pode encher-nos com o seu Espírito (Mateus 3:11; Atos 2:1-4, 38; Atos 10:44-46).

  • O Espírito Santo traz:
    • a entrada no reino de Deus (João 3:5-6)
    • a vida eterna (João 4:14; 6:63)
    • o poder e a capacidade para testemunhar (Atos 1:8) e proclamar a palavra de Deus (Atos 4:31)
    • a sabedoria e a revelação (1 Coríntios 2:9-10)
    • conselhos – ensinando-nos todas as coisas e lembrando-nos das palavras de Cristo (João 14:26) • a verdade (João 14:17)
    • seus frutos (Gálatas 5:22)
    • dádivas para usar para o bem comum (1 Coríntios 12:7-11)
    • unidade (Efésios 4:3)

A Bíblia diz que o Espírito Santo virá e habitará em nós (Lucas 11:9-13; João 14:15-18).

  • O que estas duas passagens sugerem que precisamos fazer para receber o Espírito Santo?

Paulo pergunta aos coríntios: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1 Coríntios 3:16)

  • Ele habita em você?

 

ESTUDO BÍBLICO 9 Vivendo em obediência: fazendo o que é certo

  • Leia Deuteronômio 28:1-14. Estes versículos dizem que, se obedecermos a Deus e seguirmos cuidadosamente seus mandamentos, seremos abençoados:
    • onde quer que vivamos (versículo 3)
    • com os filhos (versículo 4, 11)
    • com as colheitas (versículos 4, 11) e seus celeiros (versículo 8)
    • com os animais (versículo 4, 11)
    • em nossas jornadas e viagens (versículo 6)
    • com a derrota de nossos inimigos (versículo 7, 13)
    • com a chuva (versículo 12)
    • e em tudo o que fizermos (versículo 8, 12).

Provérbios 3:9-10 também nos diz que, se honrarmos ao Senhor com nossa fazenda e as primícias de toda a nossa renda, se encherão os nossos celeiros.

Lemos em Lucas 12:31, Mateus 6:33 e Filipenses 4:19 que Deus promete suprir nossas necessidades. Entretanto, a Bíblia também nos avisa que estas bênçãos nos serão tiradas, se não o obedecermos.

Lemos em Deuteronômio 28:15-24 que, se não obedecermos a Deus, seremos amaldiçoados. Ele mandará a turbação e a perdição em tudo o que fizermos, até sermos destruídos (versículo 20). A escolha entre obedecer ou desobedecer a Deus pode ter amplas conseqüências.

  • Por que você acha que obedecer ou não obedecer a Deus pode ter tal impacto em nossas vidas?
  • Como podemos saber o que Deus está dizendo para fazermos?
  • Você está fazendo o que é certo?

 

ESTUDO BÍBLICO 10 Tesouros no céu

Leia Mateus 6:19-24 e 1 Timóteo 6:6-10. Jesus, ele mesmo, diz que, ao invés de ajuntarmos tesouros na terra, devemos ajuntar tesouros no céu:

  • O que acontece com os tesouros na terra? (Mateus 6:20; 1 Timóteo 6:7)
  • Qual é o perigo para os ricos? (Mateus 6:24; 1 Timóteo 6:9, 10, 17)

Em Mateus 19:16-22, um homem rico pergunta a Jesus o que deve fazer para conseguir a vida eterna.

  • O homem rico está obedecendo todos os mandamentos, mas o que mais Jesus lhe diz para fazer no versículo 21?

É-nos dito que o homem vai embora triste – é difícil para ele escolher entre sua riqueza e Jesus. Outros, entretanto, percebem que nada pode ser comparado em valor com o reino do céu (Mateus 13:44-46).

Paulo diz em Filipenses 4:12: “Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece.”

E, em Filipenses 3:8: “Tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas.”

  • Onde você está guardando seus tesouros?