Respondendo a Desastres e Crises

A Tearfund e seus parceiros respondem a desastres de quaisquer escalas, desde pequenos desastres que podem devastar poucas moradas ou comunidades (tais como enchentes ou deslizamentos de terra locais) a crises prolongadas de larga escala que afetam milhões de pessoas (tal como a crise causada pelo conflito no Iêmen).

A Tearfund trabalha de acordo com os padrões internacionais (site em inglês)  com integridade e transparência. O planejamento e a execução das respostas emergenciais devem ser o mais específico para o local de sua ocorrência quanto for possível – desde todo o planejamento até à medição de desempenho. Identificar e estabelecer como alvo os mais vulneráveis, a despeito de etnia e religião, é algo de vital importância. A Tearfund concentra seus recursos de avaliação de necessidades de maneira a incluir todos os tipos de grupos marginalizados.  

Trabalhamos com outras organizações como parte de redes e alianças porque cremos que o trabalho colaborativo com outros nos permite sermos mais eficazes e mais eficientes em nossa resposta. Às vezes, as informações coletadas por nossos parceiros são a única fonte de dados acerca das necessidades de uma dada comunidade – sejam essas informações procedentes de uma igreja local ou de uma avaliação de necessidades coordenada pela Organização das Nações Unidas. O compartilhamento de informações e a gestão do conhecimento garantem que o apoio seja direcionado às pessoas certas e na hora certa.

Nossos recursos na resposta a desastres

Gestão do Ciclo de Projetos

Uma gestão de projeto eficaz é crucial imediatamente após um desastre. Os recursos abaixo são os mais populares e úteis nesse tópico.

ROOTS 5 – Gestão do Ciclo de Projetos (PDF 863 KB)
A Tearfund desenvolveu uma variedade de ferramentas e guias com base no ciclo de projetos para assegurar que todos os aspectos de um projeto fossem considerados ao responder a desastres.
Esse recurso também está disponível em francês (PDF 868 KB), espanhol (PDF 832 KB), inglês (PDF 698 KB), árabe (PDF 646 KB), bangla (8.6 MB) e russo (PDF 1 MB).

Disaster Management Good Practice Guide (PDF 565 KB) (em inglês)
Esse é um guia simples e fácil de usar para profissionais no campo, com exercícios práticos e exemplos dos elementos mais comuns da gestão de projetos.

Avaliação de Necessidades em Emergências

As avaliações ajudam a identificar as opções de resposta mais apropriadas para uma emergência e que tipo de valor agregado a Tearfund pode dar a uma resposta emergencial. As abordagens e os recursos da própria Tearfund incluem:

Rapid Fragility Assessments (Excel 227 KB) (em inglês)
A Tearfund usa tais avaliações para considerar a fragilidade em cinco dimensões: segurança, social, política, econômica e ambiental. A fragilidade examina a combinação entre o risco e a capacidade de lidar com tais riscos, caso eles se tornem realidade. Outras fontes de boas práticas podem ser encontradas abaixo:

Padrões de Qualidade

A Tearfund identificou um conjunto de Padrões de Qualidade corporativos que nos ajudam a trabalhar seguindo os mais altos padrões possíveis com integridade e transparência. Eles reúnem todos os padrões, códigos, diretrizes e princípios relevantes para uma prestação de contas externa e interna com os quais a Tearfund está comprometida:

Padrões de Qualidade

Core Humanitarian Standard (Norma Humanitária Esencial - CHS) (em inglês)
A CHS Alliance reúne a People in Aid e a Humanitarian Accountability Partnership. É uma das maiores e mais influentes redes de organizações comprometidas com a melhoria do trabalho humanitário e de desenvolvimento por meio da aplicação de padrões.

Sphere (em inglês)
O Manual “Sphere”, a Carta Humanitária e as Normas Mínimas em Resposta Humanitária é um conjunto internacionalmente reconhecido de princípios comuns e normas universais mínimos nas áreas relacionadas ao salvamento de vidas da resposta humanitária.

Apoio aos Mais Vulneráveis (em inglês)

CBM - The Overseas Disability Charity
A CBM é uma organização cristã que atua nas áreas da deficiência e desenvolvimento, oferecendo assistência e recuperação para pessoas que vivem sob o risco (ou já se encontram em situação) de deficiência em períodos de crise.

Humanitarian Hands on Tool (HHOT)
Esse é um aplicativo para celular que a CBM desenvolveu a fim de ajudar pessoas com deficiência a terem acesso a serviços de assistência em salvamento durante emergências.

Children in Emergencies Toolkit
Esse kit de ferramentas foi produzido pela rede Viva, em parceria com a Tearfund Irlanda, Transform Aid International, Food for the Hungry e World Relief. O kit pode ser usado para que você verifique se está atendendo às necessidades mais importantes das crianças, bem como para garantir que as respostas em outros setores estejam mantendo as crianças em segurança.

Child Protection in Emergencies - Workshop Manual 
Esse workshop aconteceu em Bangladesh, no início de 2019, e organizou um fórum para que parceiros locais e internacionais participassem de um treinamento que teve como base o “Children in Emergencies Toolkit” da Viva.

Child Protection Self-Assessment (PDF 504 KB)
Esse material de autoavaliação pode ser usado juntamente com o “Children in Emergencies Toolkit”.

Communicating with Disaster affected Communities (CDAC)
Essa rede busca a melhoria da comunicação mútua entre os agentes de assistência e as populações afetadas por desastres.

Sites e redes úteis

Nesse documento (PDF 77 KB) (em inglês) você encontrará uma lista de alianças e redes com as quais a Tearfund trabalha, bem como uma lista de sites úteis que o ajudarão em sua resposta aos desastres.