Assistência em Dinheiro e Vales

A Assistência em Dinheiro e Vales (ADV) refere-se a todos os programas nos quais transferências em dinheiro ou vales para mercadorias ou serviços são fornecidos diretamente aos beneficiários. No contexto da assistência humanitária, o termo é usado para se referir à provisão de transferências em dinheiro ou vales dados a indivíduos, agregados familiares ou beneficiários comunitários – e não a governos ou outros atores estatais.

“Não há mais controvérsias sérias a respeito de se o dinheiro pode melhorar significativamente a ajuda humanitária. Atualmente, os agentes humanitários estabelecidos investem em dinheiro em maior escala e de maneira mais consistente do que jamais foi feito antes. Isso está na vanguarda da inovação para pessoas em situação de crise.”

Relatório do Estado Monetário Mundial

O dinheiro está se tornando cada vez mais obrigatório em muitos aspectos da resposta humanitária. A questão passou de “Podemos usar dinheiro?” para “Por que não estamos usando dinheiro?”.

A Tearfund usa a ADV como sua modalidade preferencial de resposta a crises humanitárias e para complementar atividades de meios de vida, tanto nos países onde atua diretamente como onde se faz presente através de seus parceiros. Alinhada com o CaLP Global Framework for Action (em inglês) e o Grand Bargain (em inglês), a prática padrão da Tearfund é desenvolver capacidades suficientes, investir no apoio a organizações nacionais e locais para o desenvolvimento de liderança e capacitação.

Começando em 2014, no Oriente Médio, a Tearfund atualmente usa a ADV na África, Ásia, América Latina e Central. As atividades de ADV da Tearfund são customizadas para cada contexto diferente, sendo uma combinação de transferências monetárias com propósitos múltiplos, transferências monetárias para um setor específico e vales e subvenções para o início de atividades de meios de vida. A fim de facilitar a implementação das atividades de ADV, a Tearfund e seus parceiros estão realizando alguns projetos-piloto e usando diferentes tecnologias, tais como mobile money (“carteira eletrônica”), smart cards e blockchain.

Recursos

Humanitarian case transfers front coverHumanitarian cash transfers through self-help groups: Making the Most of Local Approaches? (PDF 1.6 MB) (em inglês)
Este relatório contém as conclusões de um estudo de impacto de um projeto-piloto realizado em 2016 na Etiópia. Por meio do projeto-piloto, subvenções humanitárias individuais em dinheiro foram oferecidas aos grupos de autoajuda e através deles, com o fim de ajudá-los a lidar melhor com os efeitos da seca.