Pular para o conteúdo Ir para o consentimento do cookie

As igrejas atendem às necessidades das comunidades nas favelas de Nairóbi

Um blog sobre a busca de transformação contínua e holística entre as pessoas que vivem em extrema pobreza

Escrito por Rev Josephine Chavaseki and Dr Sas Conradie | 02 ago 2022

Grupos mistos de mulheres e homens quenianos sentados em cadeiras de plástico com Bíblias abertas no colo, inclinando-se para frente em discussões focadas.

Membros de igrejas participando de grupos de estudo bíblico na igreja Redeemed Gospel Church Pipeline, em Nairóbi. Foto: Josephine Chavaseki

A igreja Redeemed Gospel Church Pipeline (RGCP) está situada nas favelas de Mukuru Kwa Njenga, em Nairóbi, onde mais de 500 mil pessoas vivem em condições extremamente precárias. Ela foi fundada em 1996 para expressar o amor de Deus pelos trabalhadores de pedreiras que viviam no bairro.

Necessidades atendidas

Antes de 2012, a igreja tinha dificuldades para atender às crescentes necessidades de seus membros e da comunidade em geral. As pessoas locais tinham grandes expectativas em relação a ela e sempre perguntavam por que ela não era mais visível. Por outro lado, a igreja estava sobrecarregada com as demandas das favelas. Ela era introspectiva e sentia que não tinha recursos para atender às muitas necessidades das pessoas. Essa era a situação até que a igreja começou a usar os recursos que lhe haviam sido dados por Deus para transformar sua comunidade imediata.

Usando o processo de mobilização de igrejas e comunidades (PMIC), a igreja estabeleceu 47 igrejas caseiras de estudos bíblicos, que se reúnem semanalmente nas casas das pessoas da comunidade para comunhão e estudos bíblicos. Cada igreja caseira conta com um/a facilitador/a e um/a cofacilitador/a e utiliza um guia baseado no manual e nos materiais do PMIC da Tearfund. Essas pessoas ajudaram seus grupos a descobrir o propósito de Deus para eles, bem como seus talentos e oportunidades para servir na igreja e na comunidade de diferentes maneiras. Os grupos começaram oferecendo às pessoas mentoria, cuidados de saúde, ministério junto aos órfãos e cuidados para as famílias que vivem nas ruas.

Abordagem holística

“Eu tinha formação em teologia, mas percebi que o ministério da igreja na favela precisava de uma abordagem mais holística”, diz a Rev. Josephine Chavaseki, da RGCP.  “A Missão Integral é um processo gradual que requer oração, dedicação, sacrifício de todo o coração e paciência. Sou grata a Deus todo-poderoso porque a missão integral ajudou cristãos a descobrir seu valor, seu potencial e seus talentos.”

Nesse caso, o PMIC permitiu que todos esses elementos do crescimento cristão ocorressem de forma holística à medida que as pessoas desenvolviam e adquiriam novas perspectivas através dos estudos bíblicos disponíveis no manual do PMIC (somente em inglês/francês). Isso as ajudou a crescer espiritualmente em seu discipulado. Os membros começaram a se ajudar mutuamente no cuidado pastoral. Eles melhoraram suas habilidades de liderança e alcançaram suas comunidades imediatas com amor. Seu objetivo era ser o sal e a luz do mundo, conforme Mateus 5:13-16.

Isso começou a acontecer quando a igreja iniciou um centro comunitário com uma escola primária, treinamento em costura e uso de computadores e uma associação de bem-estar com mais 300 membros para fortalecer os relacionamentos entre a igreja e a comunidade. “A igreja cresceu gradualmente, chegando a mais de mil pessoas, mas a introdução da missão integral permitiu que cada pessoa liberasse seu poder e potencial”, conta a Rev. Josephine. “Com a graça de Deus, a igreja agora tem ministérios vibrantes para crianças, jovens e famílias, com foco tanto na igreja quanto nas comunidades.” 

 
“Os estudos bíblicos são usados ​​para capacitar as pessoas sobre como responder a diferentes situações da vida.”
Rev Josephine Chavaseki

Transformação das igrejas

O  processo de MIC empoderou as igrejas para causar impacto nas favelas. Elas usaram recursos locais para atender às necessidades da comunidade e transmitir o amor de Jesus ao próximo. O processo de missão integral ofereceu treinamento aos/às líderes emergentes nas igrejas que não podem acessar treinamento formal em teologia ou liderança. O processo capacita líderes com conhecimentos e habilidades sobre como ensinar e pregar a palavra de Deus de forma eficaz. Essas pessoas também são empoderadas através de habilidades de facilitação e mentoria.

Desde 2012, pelo menos 235 facilitadores de igrejas caseiras de três igrejas das favelas de Nairóbi receberam treinamento completo. A Redeemed Gospel Church planeja aumentar o treinamento para preparar 100 facilitadores por ano e se expandir de forma a abranger outras igrejas e comunidades e criar uma “transformação contínua”. 

Vidas mudadas

O impacto do processo de MIC nos facilitadores, nas igrejas caseiras e na comunidade foi impressionante. Um facilitador contou como ele mal conseguia arcar com suas despesas trabalhando como alfaiate. Tanto ele quanto seu negócio mudaram tanto como resultado do processo que ele agora emprega três pessoas em sua alfaiataria, que continua crescendo. 

Outro facilitador contou-nos que morava em um barraco de plástico extremamente básico e que tinha vergonha de receber visitas. Ele se considerava um joão-ninguém sem eira nem beira. Através da sua interação inicial com a igreja e o processo de MIC, ele começou a perceber que Deus o ama e que Ele lhe deu talentos e habilidades para cuidar da sua família e de outros na comunidade. Hoje, ele é professor e um dos líderes da iniciativa de MIC da igreja.

 
Este blog foi atualizado a partir do artigo original, publicado no site Tearfund Aprendizagem em novembro de 2019, quando Sas Conradie era o gerente de Teologia e Trabalho em Redes da Tearfund para a África. A Rev. Josephine Chavaseki é pastora da Redeemed Gospel Church Pipeline (RGCP) em Nairóbi, no Quênia.

Comentários

Adicionar um comentário

Ler comentários

Escrito por

Escrito por  Rev Josephine Chavaseki and Dr Sas Conradie

A Rev. Josephine Chavaseki é pastora da Redeemed Gospel Church Pipeline (RGCP) em Nairóbi, no Quênia. Sas Conradie era o gerente de Teologia e Trabalho em Redes da Tearfund para a África.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este blog

Se você achou este blog útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Receba nossas atualizações do blog

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail quando publicarmos novos artigos como este, que explora a teologia por trás do nosso trabalho.

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.