Passo a Passo 96 - Tráfico humano

Sabemos que o tráfico humano ocorre por todo o mundo. Talvez você viva numa região onde os efeitos podem ser vistos claramente todos os dias, ou talvez esse problema seja mais encoberto. Talvez pessoas do seu povoado ou cidade tenham sido traficadas para cidades vizinhas. Talvez elas tenham ido em busca de trabalho, mas acabaram com empregos em que não são tratadas ou remuneradas de forma justa e não estão livres para ir embora. Ou talvez você viva numa cidade grande e conheça pessoas que trabalhem sem salário ou sejam exploradas em zonas de prostituição. O tráfico humano nunca está muito longe de nós. 

Nesta edição, trazemos histórias de pessoas que vivenciaram o tráfico humano em diferentes regiões do mundo: em Uganda (página 16) e no Chifre da África (página 3). Esperamos que essas histórias ajudem os leitores da Passo a Passo a compreender como o tráfico humano afeta pessoas comuns em comunidades como as suas. Incluímos estudos de caso de organizações do Camboja (página 6) e do Brasil (página 10) que estão tomando medidas para impedir que o tráfico ocorra em primeiro lugar, bem como uma ferramenta que pode ser usada para contar a outras pessoas as mentiras que os traficantes contam (páginas 8 e 9).

A história de uma pessoa afetou-me pessoalmente. Quando vivia na Ásia Central, eu tinha uma colega de equipe e amiga maravilhosa chamada Katya. Ela me contou que, alguns anos antes, ela tinha contraído dívidas enormes, pois seu pequeno negócio estava passando por dificuldades. Ela precisava pagar suas dívidas e conheceu um homem que disse que lhe daria o dinheiro para ressarci-las se ela fosse para a Turquia. Tudo que ela teria de fazer era viver como esposa na casa de um turco rico. Minha amiga achou que não tinha escolha e concordou. Ela tirou um visto para sair do país, mas, no fundo, não queria ir. Um tio dela tinha recentemente entrado para uma igreja local, e ela desabafou seus problemas com ele. O tio chamou seu pastor, e, juntos, eles decidiram recolher dinheiro na congregação para pagarem, eles próprios, as dívidas de Katya. Que presente maravilhoso! A igreja não era rica, mas deu tudo que pôde para livrar minha amiga das dívidas e dar-lhe a opção de permanecer na sua própria cidade. Um ano mais tarde, ela ficou sabendo através de outras pessoas que o que o traficante lhe tinha dito era mentira. Na verdade, ela teria ido trabalhar numa zona de prostituição. 

Quando penso no tráfico humano, lembro-me de minha amiga que, por pouco, não se tornou vítima desse crime terrível. Mas também me lembro da igreja local e de como ela interveio para ajudá-la na sua hora de maior necessidade. Espero que, depois de ler essa edição, você também esteja mais ciente dos perigos do tráfico humano e melhor preparado para fazer sua parte para erradicá-lo. 

Que a benção da liberdade esteja com você, 

Alice Keen, Editora 

Abaixo estão os artigos da edição 96 da Passo a Passo em html.

Para baixar uma versão pdf da edição 96 da Passo a Passo, clique aqui (PDF 1.7 MB)


  • As mentiras que os traficantes contam

    Muitas comunidades em risco de tráfico apresentam baixos índices de alfabetização. A comunicação através de gravuras é uma forma eficaz de conscientizar as pessoas sobre as mentiras que os traficantes usam para enganá-las.

    Leia mais
  • Nascido pra voar: do medo para à liberdade

    O Projeto Nascido pra Voar é um programa de prevenção do tráfico infantil que educa crianças e seus pais sobre os perigos do tráfico de crianças. O objetivo é educar crianças e adolescentes sobre as mentiras que os traficantes usam – e ajudá-los a assumir o compromisso de não serem traficados.

    Leia mais
  • O que é tráfico humano?

    Tráfico humano é o transporte ou rapto de pessoas para fins de exploração, através de coação, fraude ou engano. O tráfico está presente em quase todos os países do mundo. A maioria das vítimas é traficada perto de casa, em seu país ou região de origem, e seus exploradores são frequentemente conterrâneos.

    Leia mais
  • The dream that became a nightmare

    A Passo a Passo teve o privilégio de entrevistar uma mulher que havia sido traficada de Kampala com falsas promessas de trabalho na Ásia. Ela concordou em contar sua história, na esperança de poder alertar outras pessoas sobre os perigos e protegê-las contra o mal que ela sofreu.

    Leia mais
  • Prevenção de tráfico no Camboja

    A pobreza é a principal causa do tráfico humano no Camboja. As famílias pobres são muito vulneráveis ao tráfico, principalmente quando os membros da família não têm muita instrução.

    Leia mais
  • Bringing justice influencing the powerful

    Muitos dos problemas que enfrentamos no trabalho de defesa e promoção de direitos surgem por causa do abuso de poder. Geralmente, em situações de tráfico, os traficantes têm poder porque usam força, violência, suborno ou coerção para conseguirem o que querem.

    Leia mais
  • Recursos

    Uma seleção de livros, sites e materiais de treinamento sobre o tema do tráfico humano.

    Leia mais