Ir para o consentimento do cookie

O que é violência sexual e de gênero (VSG)?

VSG refere-se a todos os atos infligidos a uma pessoa contra a sua vontade devido ao seu gênero, ao seu sexo ou à sua identidade sexual. Às vezes é apenas chamada de “violência de gênero” (VG).

Do ponto de vista estatístico, a maioria das pessoas que cometem atos de VSG são homens e meninos. A violência masculina contra as mulheres acontece em todas as esferas e estratos da sociedade – em diferentes formas, desde o estupro e o abuso físico até o assédio e a discriminação. Embora ela possa acontecer com qualquer pessoa, as mulheres e meninas têm muito mais chances de sofrer esse tipo de violência.

A violência sexual e de gênero priva as mulheres e meninas de uma vida com dignidade e, por essa razão, sua erradicação é crucial. Abordar as causas geradoras da desigualdade levará a resultados positivos para as mulheres e os homens, de modo que todos possam viver uma vida livre da violência e do abuso.

Nossa abordagem à VSG

A Tearfund está comprometida com o progresso da igualdade de gênero e da restauração dos relacionamentos entre homens e mulheres, meninos e meninas e adultos em risco. Nosso objetivo é elaborar e apoiar projetos que criem ambientes seguros e protegidos para as pessoas vulneráveis. 

Nossa abordagem é combater os fatores motivadores e as normas sociais que perpetuam as desigualdades nos âmbitos interpessoal e comunitário. A maneira como fazemos isso é ouvindo as histórias das sobreviventes, facilitando discussões entre homens e mulheres, engajando homens e meninos na busca pela justiça de gênero por meio da análise e transformação do seu conceito de masculinidade e falando corajosamente sobre o corte/mutilação genital feminina (C/MGF).

Procuramos fortalecer os mecanismos de pares e da comunidade para a proteção e a cura, pois acreditamos que os membros da comunidade são os melhores agentes da sua própria proteção. Assim, preparamos as lideranças religiosas para responder a essas questões em suas comunidades e para se tornarem exemplos a serem seguidos.

Trabalho com as sobreviventes

A violência sexual e de gênero (VSG) é uma epidemia global que afeta aproximadamente uma em cada três mulheres, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, independentemente de status social, etnia ou idade. Muitas vezes, essas mulheres e meninas são estigmatizadas e culpadas pela violência que sofreram. Procuramos promover a restauração de sua vida, permitindo que elas compartilhem suas histórias e suas necessidades – compartilhando também suas experiências coletivas com as pessoas que têm o poder e a autoridade para implementar mudanças. Nosso objetivo é trabalhar de forma eficaz com as comunidades de fé e transformar as normas sociais para reduzir a VSG. Também procuramos mudar as atitudes em relação às sobreviventes, substituindo a estigmatização por apoio e cuidado.

Veja os nossos recursos sobre como trabalhar com as sobreviventes

Mudanças nas normas de gênero: Transformando Masculinidades

A Tearfund acredita que as mulheres e os homens são criados iguais em todos os aspectos – e, portanto, trabalhamos para obter justiça para as mulheres, os homens, os meninos e as meninas. Isso significa que todos sejam igualmente valorizados e tenham o mesmo acesso aos recursos e às oportunidades, livres de violência e abuso.

A fim de promover a igualdade de gênero é vital transformar as normas e práticas prejudiciais em relação ao gênero que reforçam e sustentam a violência contra as mulheres. 

Nossa abordagem Transformando Masculinidades procura mudar as normas sociais e os comportamentos prejudiciais em torno da violência sexual e de gênero (VSG) trabalhando por meio das comunidades de fé e dentro delas. Essa abordagem baseada em evidências já foi rigorosamente avaliada em múltiplos contextos e gerou resultados positivos significativos, especialmente na redução dos índices de violência por parceiro íntimo e da aceitação dentro das comunidades.

Veja nossos recursos sobre Transformando Masculinidades

Mudança nas normas de gênero: Masculinidades, Fé e Paz (MFP)

MFP é uma adaptação da abordagem Transformando Masculinidades, elaborada para os contextos de baixa coesão social inter-religiosa bem como de normas de gênero prejudiciais. Especificamente, a Tearfund e seus parceiros desenvolveram o programa MFP no estado de Plateau, na Nigéria, onde a baixa coesão social inter-religiosa, associada às normas de gênero prejudiciais, ratifica a violência, especialmente contra as mulheres no estado. A equipe também identificou que essas normas e a falta de coesão estavam contribuindo para a interrupção dos serviços de saúde, limitando a capacidade das mulheres de escolherem o momento ideal das gestações e manterem um espaçamento saudável entre elas, o que pode causar problemas de saúde e aumentar o risco de mortalidade, tanto para as mães quanto para seus filhos.

Nossa equipe adaptou a abordagem Transformando Masculinidades para considerar esses desafios, incorporando conteúdos adicionais e atividades durante esse processo. A adaptação baseou-se em aprendizados do projeto Passages, que já havia incorporado um componente relacionado ao momento ideal e o espaçamento saudável das gestações.

Veja nossos recursos relacionados a Masculinidades, Fé e Paz

Corte/mutilação genital feminina

A Organização Mundial da Saúde estima que 200 milhões de mulheres e meninas vivem com as conseqüências da corte/mutilação genital feminina (C/MGF) em mais de 30 países por todo o mundo. 

Os programas da Tearfund concentram-se em uma parceria entre os líderes religiosos e as mulheres e meninas para pôr fim ao C/MGF. Essa parceria inclui o fortalecimento da capacidade das sobreviventes de se manifestarem contra o C/MGF através da conscientização e do aumento dos conhecimentos sobre essa prática; o desenvolvimento de liderança das sobreviventes que lideram grupos de apoio; o encaminhamento para serviços na comunidade que atendem às necessidades de saúde das sobreviventes; e a mentoria e o coaching de influenciadoras-chave que sejam, elas mesmas, sobreviventes.

Os líderes religiosos são engajados através da abordagem Transformando Masculinidades para defender e promover o fim das normas sociais prejudiciais que levam à prática do C/MGF e o perpetuam. Isso é feito através de uma série de diálogos comunitários sobre fé, tradição e as causas fundamentais do C/MGF. Além disso, as principais sobreviventes e os líderes religiosos empreendem iniciativas de advocacy (defesa e promoção de direitos) em torno da legislação relativa à prática do C/MGF junto aos formadores de políticas nos âmbitos local e nacional.

Veja nossos recursos sobre C/MGF

A resposta humanitária da Tearfund à VSG

Prevenir e responder à VSG salva vidas e, portanto, é um componente vital da proteção de pessoas vulneráveis em qualquer resposta humanitária. A resposta direta da Tearfund pode incluir:

Temas transversais

Trabalho em parceria para pôr fim à injustiça de gênero

Para pôr fim à injustiça de gênero em todas as suas formas, é vital trabalhar em parceria com outros. A Tearfund participa como membro ativo de várias iniciativas e redes.

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.