Pular para o conteúdo Ir para o consentimento do cookie

Quando precisei de um próximo, pude contar com você?

Parte 1 de um blog sobre um casal que trabalha com crianças em risco no nordeste do Brasil

Escrito por Hannah Swithinbank | 29 jul 2022

Habitações em uma favela, construídas nas duas margens de um pequeno rio no Brasil, com a cidade ao longe.

Uma favela construída de ambos os lados de um pequeno rio no Brasil. Foto: Sam Barker/Tearfund

“Busca e Resgate”

Fernando é bom em lidar com pessoas – até eu consigo ver isso, apesar de estarmos conversando através de um intérprete! Ele fica nas ruas e nas favelas de Recife, conhecendo melhor as crianças e suas famílias, construindo relacionamentos e conquistando confiança. Ele é a “Busca”, disse-me sua esposa, Nury.

Nury descreve a si própria como o “Resgate”. Ela conecta as crianças e famílias que Fernando conheceu ao apoio e aos recursos existentes. Nury trabalha pacientemente com pessoas, organizações e estruturas governamentais. Ela inicia o processo de transformação, esperando e orando para que essas crianças retornem às suas famílias e comunidades.

O ministério deles chama-se “Busca e Resgate” e está fundamentado nos dons que Deus lhes deu e no tipo de pessoa em que Deus os transformou. “Minha vida não é meu ministério, mas Deus usa minha vida em meu ministério”, diz Nury.

Mostrar o amor de Deus aos outros

Uma das coisas que ouvi muito durante o tempo que passei no Brasil é que há recursos disponíveis – serviços sociais, projetos de caridade e a igreja. No entanto, muitas das pessoas que os necessitam não conseguem acessá-los. Nury e outros como ela ajudam as pessoas a ingressar nesses sistemas e lidar com eles. Ela e Fernando dizem que sabem que não podem resolver todos os problemas, mas querem ser o tipo de pessoa que traz esperança para sua comunidade. Eles querem poder dizer “sim” quando ouvirem a pergunta de Jesus: “Quando eu precisei de um próximo, pude contar com você?”

Há um grande número de crianças nas ruas de Recife e essa é uma cidade perigosa – porém, às vezes, seu lar é ainda menos seguro para elas. Cada uma delas é um próximo para Fernando e Nury. Eles as amam e querem lhes mostrar o amor de Deus.

Falamos muito sobre isso na Tearfund quando discutimos a missão integral e como nós, enquanto indivíduos, participamos da missão de Deus de restaurar e redimir o mundo. Lemos os Evangelhos e vemos Jesus revelar o amor de Deus às pessoas que ele conheceu enquanto as servia: curando-as, alimentando-as e desafiando-as a mudar a maneira como viviam. Essa vida de amor e serviço, bem como a sua morte e ressurreição, é a forma como Jesus cumpria a passagem da Escritura que ele leu na sinagoga da Galileia:

 
“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos, para proclamar o ano da graça do Senhor.”
Lucas 4:18-19

Usar os dons que você tem

Sabemos que ele nos chama para segui-lo e fazer o mesmo, assim, nós nos perguntamos: “Como?” e “O que eu tenho que pode ser usado nessa missão?” É incrível ver Nury e Fernando usarem os dons e habilidades que possuem para seguir o mandamento de Jesus de amar o próximo.

Para reflexão:

Que talentos e dons você possui e como pode usá-los para mostrar o amor de Deus ao próximo?
Este blog foi atualizado a partir do artigo original, publicado no site Tearfund Aprendizagem em maio de 2016, quando Hannah Swithinbank era a gerente de Teologia e Engajamento em Redes da Tearfund.

Comentários

Adicionar um comentário

Ler comentários

Escrito por

Escrito por  Hannah Swithinbank

Hannah Swithinbank era a gerente de Teologia e Engajamento em Redes da Tearfund.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este blog

Se você achou este blog útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Receba nossas atualizações do blog

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail quando publicarmos novos artigos como este, que explora a teologia por trás do nosso trabalho.

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.