Pular para o conteúdo Ir para o consentimento do cookie
Uma sobrevivente da violência sexual e de gênero com um lenço estampado com bolinhas na cabeça, olhando para longe

Da: Violencia sexual e de genero – Passo a Passo 106

Ideias de como podemos pôr fim à violência sexual e de gênero e prestar apoio holístico às sobreviventes

As dramatizações permitem que as pessoas mostrem situações que podem acontecer na vida real. Isso as ajuda a discutir tópicos que consideram privados ou pessoais. As atividades a seguir ajudam as pessoas a pensar sobre o motivo da violência e as diferentes formas como a violência sexual e de gênero (VSG) pode ser prejudicial. As atividades podem funcionar bem com um grupo de mulheres e homens juntos.

Observação: as situações de dramatização que incluem violência podem ser desagradáveis para alguns participantes. Estas dramatizações devem ser realizadas como parte de um programa de conscientização mais amplo sobre a VSG.

preparação para a dramatização

Reúna alguns acessórios e roupas que as pessoas possam usar (por exemplo, sacolas de compras, um chapéu masculino e uma máquina de costura). 

dramatização: a vsg afeta todos

  • Divida os participantes em grupos de cerca de cinco pessoas cada. Dê a cada grupo uma breve descrição de uma situação que pode levar à violência, como os exemplos abaixo. (Você pode dar alguma orientação sobre não ir longe demais ao descrever a violência no drama.) Peça-lhes que passem de 15 a 20 minutos preparando uma dramatização de cinco minutos para apresentar a situação e o que eles acham que acontecerá. 
  • Peça a cada grupo para apresentar sua situação. 
  • Depois que todos os grupos tiverem se apresentado, peça-lhes que ponham de lado seus acessórios e fantasias. Em seguida, peça aos participantes que formem três novos grupos com base em seus papéis de “vítimas”, “abusadores” e “testemunhas”. Peça a cada um desses grupos que descreva como se sentiu em seu papel. 
  • Peça a cada um dos três grupos que diga como acha que a violência afetou os personagens representados por ele. Que mal ela poderia causar? 
  • Pergunte aos participantes como eles se sentiram assistindo à dramatização dos outros grupos. Como eles foram afetados? 
  • Para concluir, peça ao grupo como um todo que fale sobre as diferentes maneiras como a VSG prejudicou as mulheres nas dramatizações. Resuma as ideias do grupo sobre como a violência também prejudica os filhos e a família das mulheres, os que testemunham a violência e a comunidade. A seguir, você pode continuar com uma discussão sobre as causas da VSG.

dramatização: “finais felizes” para pensar em mudança

  • Peça aos grupos que apresentaram as situações que se reúnam separadamente novamente por 15 minutos e discutam como cada personagem poderia ter agido de forma diferente para que a situação não terminasse em violência. Peça-lhes que tomem cuidado para não colocar toda a responsabilidade sobre a mulher! 
  • Peça-lhes que apresentem cada situação novamente, desta vez mudando o que acontece para que ela termine sem violência. 
  • Pergunte aos participantes o que eles acham que ajudou os personagens a fazer algo de forma diferente. 
  • Discuta ideias para mudar as causas da VSG. Peça ao grupo que pense em maneiras de ajudar os outros na comunidade a ver o problema e os danos que ele causa. O grupo pode estar pronto para planejar algumas ações específicas.

Adaptado de Health actions for women (Ações de saúde para mulheres), escrito por Melissa Smith, Sarah Shannon e Kathleen Vickery. Acesse: www.hesperian.org 

As dramatizações podem ajudar as pessoas a refletir sobre a violência sexual e de gênero em um contexto seguro. Ilustração: Petra Röhr-Rouendaal, Where there is no artist (segunda edição)

As dramatizações podem ajudar as pessoas a refletir sobre a violência sexual e de gênero em um contexto seguro. Ilustração: Petra Röhr-Rouendaal, Where there is no artist (segunda edição)

Situação 1

Personagens

  • abusador: marido
  • vítima: esposa
  • testemunhas: filhos e a irmã mais nova da esposa

A esposa chega em casa tarde de uma reunião da comunidade. O marido teve um dia difícil e já está com raiva porque não havia jantar pronto quando chegou em casa. A irmã mais nova da esposa cuida dos filhos. Eles estão todos em casa, esperando a esposa chegar. O que você acha que acontecerá a seguir?

Situação 2

Personagens

  • abusador: chefe de uma fábrica que explora os empregados
  • vítima: trabalhadora
  • testemunhas: trabalhadores que recebem seu salário primeiro e deixam o local

Uma jovem trabalha há uma semana em uma pequena fábrica confecções. Quando ela vai receber seu pagamento, o chefe manda-a voltar mais tarde. Ele a faz esperar até que todos tenham saído da fábrica e manda-a entrar em seu escritório sozinha. O que você acha que acontecerá a seguir?

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outras pessoas para que elas também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.