Ir para o consentimento do cookie

Da: Agricultura sustentável – Passo a Passo 110

Estratégias para que os agricultores e criadores de animais mantenham os ecossistemas saudáveis e suas terras produtivas

Em 2006, Tui, Da e sua filha, Leklek, decidiram se mudar da cidade para um sítio. Ao contrário da agricultura industrializada ao seu redor, a família queria cultivar alimentos e criar gado de uma forma integrada, que suprisse todas as suas necessidades. Aqui, Tui explica por que eles decidiram fazer as coisas de maneira diferente.

“Sou de um grupo étnico chamado karen, e minha esposa é da tribo lahu. A nossa filha tem 17 anos. Vivemos no distrito de Mae Ai, no norte da Tailândia.   

O desejo da nossa família é louvar a Deus cuidando de sua criação de uma maneira que nos permita comer de forma saudável, ganhar a vida e abençoar outras pessoas.

DESAFIOS

A região em que vivemos é dominada por grandes pomares de frutas cítricas. Esses pomares dependem muito de produtos químicos agrícolas, que causam poluição do solo, da água e do ar. As florestas foram derrubadas, portanto há menos água. Muitos jovens mudaram-se para trabalhar na cidade.

Os que ficaram deixaram de cultivar seus próprios alimentos. Todas as manhãs, chega um caminhão cheio de legumes, carne e outros produtos. As pessoas correm para o caminhão para comprar pimenta, frango, ovos, leite de soja, mas tudo isso pode ser produzido localmente. 

Quando nossa ‘pequena família maluca’, como éramos chamados, construiu uma casa e se preparou para cultivar, as pessoas nos perguntaram se estávamos planejando estabelecer um pomar de frutas cítricas. Quando dissemos que queríamos praticar a agricultura integrada, de forma semelhante à dos nossos antepassados, as pessoas deram as costas e foram embora.

META SIMPLES

Estabelecemos uma meta simples: cultivar todos os nossos próprios alimentos e comer de forma saudável.

Começamos com atividades como a preparação da terra, a construção do galinheiro, o plantio de árvores e a abertura de lagos para criar peixes. Lemos muitos artigos e livros e visitamos as propriedades agrícolas de outras pessoas para aprender com elas. Procuramos oportunidades de mercado e começamos a produzir ovos, vegetais, peixe, frango e arroz.

“Agora, nossa propriedade de três hectares é cuidadosamente planejada para a agricultura integrada. Um terço é para o arroz, e o resto é para os viveiros de peixes, galinhas, patos, árvores frutíferas, bambu para construção, milho, feijão, ervas, plantas medicinais e legumes. Criamos abelhas no pomar para a produção de mel orgânico, o controle de pragas e a polinização. Usamos práticas agrícolas que trabalham com a natureza, e não contra ela. Usamos composto e esterco animal para fertilizar a terra. As pragas e as doenças são mantidas sob controle pelos insetos e pássaros, que são atraídos para nossa fazenda pelas árvores, pelos lagos e pela vegetação permanente. AMIZADE Nossa visão é que as igrejas e as organizações cristãs locais promovam práticas agrícolas sustentáveis. Ensinamos que os recursos naturais são criados por Deus, e todos somos responsáveis por cuidar deles. Nosso sítio transformou-se em um lugar onde as pessoas vêm para relaxar, aprender e comer alimentos caseiros saudáveis. Todos os anos, recebemos a visita de pessoas de muitos países diferentes e fazemos amizades através do compartilhamento e da aprendizagem mútua. Essa é uma bênção que não esperávamos ter quando começamos. Os agricultores locais começaram a se conscientizar das preocupações ambientais, e os jovens estão retornando. Assim como nós, muitas pessoas estão começando a incluir novas tecnologias, como a energia solar, em seus sistemas agrícolas tradicionais, com ótimos resultados. Oramos e agradecemos ao nosso criador, Deus, por tudo. 1 Tessalonicenses 5:16-18 diz: ‘Alegrem-se sempre, orem continuamente, deem graças em todas as circunstâncias’.” Se quiser saber mais, envie um e-mail para Tui, em inglês: kersertoo@gmail.com

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.