Da: Acção e aprendizagem participativa – Passo a Passo 29

Como garantir que todos tenham a oportunidade de contribuir para as decisões locais

Cada um de nós é especial para Deus.

Muitas pessoas sentem que são um fracasso. Elas podem não ter progredido em sua educação; podem ter dificuldades em manter suas famílias; podem ter falta de confiança por falta de conhecimento externo. Quando outros pedem a sua opinião, elas podem sentir que não têm nada para compartilhar. Esta falta de confiança nas pessoas é algo que vai contra os ensinamentos bíblicos.

Leia Mateus 10:29-30 e Salmo 139:13-16. Vemos aqui quanto valor Deus dá a cada um de nós. Nenhum de nós é imprestável aos olhos de Deus. Para Ele, todos nós somos especiais e de valor.

Leia Lucas 15:1-2. Jesus estava querendo se misturar com todo tipo de pessoas – não importava o que os outros pensavam deles. Isto mostra a disposição de Deus em aceitar todas as pessoas e o nossa condição igualitária diante de Deus. Jesus só condenava as pessoas se elas se considerassem melhores do que o seu próximo (Lucas 18:9-14).

Em nosso trabalho com pessoas e comunidades, precisamos trabalhar com o pobre e o oprimido – e não por eles. Precisamos valorizar cada pessoa e ajudá-las a se sentirem mais positivas sobre elas mesmas. Precisamos desenvolver a nossa capacidade de ouvir e compreender. Os exercícios de AAP são uma ferramenta útil para ajudar as pessoas a compartilharem os seus conhecimentos – mas eles só vão funcionar bem quando as pessoas acreditarem que as suas experiências e conhecimentos serão valorizados por aqueles que introduzirem os exercícios.

por Isabel Carter.

Perguntas para discussão

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhar este recurso

Equipar pessoas que trabalham ao redor do mundo para erradicar a pobreza e a injustiça