Da: Medicamentos tradicionais – Passo a Passo 48

Uma discussão sobre como usar os medicamentos tradicionais com segurança e eficácia

Medicina tradicional é um termo que não se refere apenas às curas para as doenças através de ervas. Ele também está relacionado a tudo que é tipo de abordagem terapêutica. Nesta edição, enfocamos os enormes benefícios disponíveis no uso de remédios feitos com ervas experimentados e testados. Entretanto, o limite entre as curas através das ervas e as influências mais espirituais não é claro. Os cristãos têm evitado todos os aspectos da medicina tradicional por medo das influências espirituais negativas.

Embora poucas pessoas questionem os benefícios dos tratamentos com ervas, realmente existem poderes exercidos por alguns curandeiros com os quais os cristãos não se devem envolver. Além disso, cada cultura pode saber de práticas diferentes. Como podemos iniciar a discussão destas questões de uma forma que ajude as pessoas a serem honestas? Como podem os cristãos ser sábios nesta abordagem? Aqui estão algumas questões para discussão, que podem ajudar as pessoas a encontrarem o caminho certo na sua cultura.

1 Na África, quase 80% da população vive nas áreas rurais e depende dos serviços dos curandeiros tradicionais. Porém, com freqüência, pouco é feito pelos trabalhadores da área da saúde e médicos para trabalhar com os curandeiros tradicionais. Por que isso?

2 As diretrizes da OMS incentivam a cooperação com os herbanários e as parteiras tradicionais. Como está isto sendo abordado no seu posto de saúde local?

3 São usadas palavras como médico feiticeiro, curandeiro, adivinhador, herbanário, sacerdote, xamã e profeta para descrever uma série de curandeiros tradicionais. Discuta os termos usados na sua região. Que termos descrevem as influências espirituais que os cristãos devem evitar?

4 Os curandeiros tradicionais, muitas vezes, levam em consideração não apenas os sintomas físicos da doença, mas, também, a mente, a alma e o corpo do paciente. Que vantagens e desvantagens há nesta abordagem?

5 As pessoas que não são cristãs muitas vezes acham que a doença ou o infortúnio são causados tanto por forças visíveis quanto invisíveis, tais como ancestrais, espíritos, anciões ou vizinhos. Como podem os cristãos desafiar esta abordagem de uma forma útil?

6 O que devem fazer os cristãos que trabalham na área da saúde, se os curandeiros locais considerarem o significado espiritual dos seus remédios feitos com ervas mais importantes que as propriedades medicinais?

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar