Nossa abordagem

A Tearfund está comprometida em permanecer e trabalhar nos Estados frágeis pelo tempo que for preciso, trabalhando com nossos parceiros, bem como de forma direta, quando necessário, para atender às necessidades imediatas e encontrar soluções sustentáveis.

Ao examinar a fragilidade, a Tearfund prioriza o risco de conflitos violentos como causa significativa da instabilidade de longo prazo e uma importante força-motriz da fragilidade. Nossa resposta aos Estados frágeis, portanto, concentra-se em transformar os conflitos violentos e abordar suas causas e efeitos. 

A Tearfund está comprometida em promover a paz e a reconciliação e apoiar atividades que causem impacto positivo em situações de conflito, mas, ao mesmo tempo, garantindo a proteção dos funcionários e participantes dos projetos (consulte os Padrões de Qualidade da Tearfund). 

Descubra os recursos da Tearfund para programas sensíveis aos conflitos.

A visão da Tearfund para a construção da paz nos Estados frágeis e afetados por conflitos 

O etos cristão da Tearfund e sua redes de organizações parceiras locais e comunidades religiosas e inter-religiosas estabelecidas por todo o mundo facilitam a integração entre a construção da paz e outras iniciativas de assistência e desenvolvimento da Tearfund. Nossa capacidade de trabalhar através dessas amplas redes garante que alcancemos as comunidades de maneira profunda e sustentável.

Conflitos e água, saneamento e higiene

Ao trabalharem em contextos em que há conflitos, é importante que os projetos sejam sensíveis ao impacto que causam na dinâmica e nas forças motrizes do conflito. No caso de projetos de água, saneamento e higiene, pode ser possível elaborar atividades que causem um impacto positivo no conflito em si, e não apenas sobre as necessidades de água, saneamento e higiene.

A abordagem sensível aos conflitos adotada pela Tearfund em questões de água, saneamento e higiene em Estados frágeis e afetados por conflitos baseia-se em uma crescente compreensão da contribuição da prestação de serviços de água, saneamento e higiene para a construção da paz e para a construção de Estados. Os programas de água, saneamento e higiene podem servir de ponto de partida fundamental para o desenvolvimento de capacidades (fortalecimento da governança e da prestação de contas) e de infraestrutura, além de atuarem como veículo para o engajamento dos cidadãos, a mobilização e o empoderamento das comunidades.

Veja os recursos sobre conflitos e água, saneamento e higiene

Conflitos e a violência sexual e de gênero 

A violência sexual e de gênero (VSG) pode já estar presente nas comunidades antes de uma crise atingi-las, mas os riscos e a vulnerabilidade à VSG aumentam durante e após as emergências. As pessoas em posições de autoridade, como policiais, oficiais de segurança, líderes comunitários, professores, empregadores, locadores de imóveis e agentes humanitários, podem abusar de seu poder. Durante os conflitos armados, a violência sexual pode muitas vezes ser usada como arma de guerra.

Em uma crise, as igrejas e mesquitas frequentemente se tornam locais de refúgio e, na prática, os líderes religiosos geralmente são os primeiros a responder. A falta de conhecimentos ou capacidade, os tabus e as crenças prejudiciais entre esses líderes podem impedi-los de se engajarem positivamente nas questões de VSG. Quando significativamente engajados, porém, os grupos religiosos podem causar um grande impacto na prevenção da VSG em comunidades afetadas por conflitos.

Veja os recursos sobre conflitos e VSG