Ir para o consentimento do cookie

Da: Energia sustentável - Passo a Passo 114

Exemplos práticos de como a energia sustentável fora da rede pode melhorar a vida diária das pessoas.

Ao pensar sobre o nosso planeta e o impacto que as atividades humanas estão tendo sobre o meio ambiente, o que deixa você triste e com raiva? Que atividades específicas você consegue ver, que vão contra a vontade de Deus?

Passe algum tempo pensando sobre isso enquanto lê estas palavras de Isaías 5:8-10:

“Ai de vocês que adquirem casas e mais casas, propriedades e mais propriedades, até não haver mais lugar para ninguém e vocês se tornarem os senhores absolutos da terra! O Senhor dos Exércitos me disse: ‘Sem dúvida muitas casas ficarão abandonadas, as casas belas e grandes ficarão sem moradores. Uma vinha de dez alqueires só produzirá um pote de vinho, um barril de semente só dará uma arroba de trigo’”.

Advertência

O capítulo 5 de Isaías contém uma série de advertências para um povo que estava se afastando muito da promessa que havia feito de obedecer às leis de Deus e servi-lo para sempre (Êxodo 19).

A primeira advertência concentra-se na exploração excessiva da terra, “Ai de vocês que adquirem casas e mais casas, propriedades e mais propriedades, até não haver mais lugar…”. Por meio do profeta Isaías, Deus alerta seu povo de que suas ações estão longe do seu propósito para a humanidade e para a Terra.

Quando lemos esse texto, não é difícil pensarmos em locais hoje em dia, em que algumas pessoas continuam a tomar campo após campo, danificando ecossistemas e meios de vida.

Na Guatemala, por exemplo, há alguns anos, a parte norte do país era coberta por florestas tropicais. Com o tempo, essas florestas transformaram-se em pasto para o gado e, depois, em plantações de cana-de-açúcar e dendezeiros. Os habitantes originais são forçados a deixar o local ou convencidos a arrendar suas terras, as quais, depois, são devolvidas estéreis e inúteis.

Isso não soa muito diferente do lamento e das advertências do livro de Isaías.

Esperança

Além de valorizar a terra, a água, as florestas e os animais por seus benefícios para os seres humanos, a Bíblia ensina que toda a natureza tem seu próprio valor por ser a criação de Deus. Ele a sustenta e se deleita com ela (Salmo 104).

Portanto, de certa forma, essas advertências para as pessoas que exploram excessivamente e danificam a terra são a esperança para todo o planeta, pois mostram que Deus se preocupa com o que acontece à terra e conosco. Ele tem um plano de restauração — um novo céu e uma nova Terra — conforme descrito em Apocalipse 21.

Deus desenrola sua história e a história da humanidade em um palco cercado por tudo o que Ele criou. E Deus é muito claro sobre o fato de que nós mesmos, por termos sido criados por Ele e feitos à sua imagem, temos o dever de proteger e cuidar de tudo o que Ele fez (Gênesis 1:26-28 e Salmo 8).

Perguntas para discussão

  • De que maneiras as pessoas estão explorando de forma excessiva ou danificando a Terra de Deus? Que impacto isso está tendo sobre o ar, a terra, a água, as plantas e os animais? Que impacto isso está tendo sobre você e a sua comunidade?
  • Como você pode agir agora para ajudar a proteger e restaurar a preciosa criação de Deus? Isso pode incluir ter cuidado para não desperdiçar recursos, como a energia, a água e os alimentos, e erguer-se contra a injustiça e reivindicar mudanças. O Kit de ferramentas de Advocacy da Tearfund traz muitas ideias de como você pode fazer isso.

Escrito por

Escrito por Benita Simón Mendoza

Benita Simón Mendoza coordena o programa ambiental do Centro Esdras, na Guatemala.

O Centro Esdras é um ministério interdenominacional focado no crescimento bíblico, no desenvolvimento de lideranças, na igreja e na missão.

www.centroesdras.org

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.