Da: Micro-empresas – Passo a Passo 35

Ideias e orientações para desenvolver pequenos negócios de sucesso

Rose Collins.

Muitas pessoas sonham com novas maneiras de ganhar um sustento ou um pouco mais de dinheiro. Mas assim como todos nós sabemos, geralmente é muito difícil iniciar um novo negócio. Esta edição é sobre microempresas (negócios de pequena escala) e presta orientações sobre como transformar uma boa idéia em um negócio.

Iniciando a produção

Muitas idéias boas falham todos os anos porque os grupos não reservam tempo para planejarem antes de começarem. Se você deseja formar um grupo novo para produzir qualquer tipo de produto, existem algumas perguntas que você precisa considerar e responder primeiro:

Mercado Nós sabemos se existe uma demanda para os produtos que estão sendo sugeridos? Para responder a esta pergunta, você precisará realizar uma pesquisa de mercado simples.

Habilidades Que tipos de produtos temos capacidade de produzir? Faça uma lista das habilidades do grupo.

Competição Quem mais está produzindo os mesmos produtos? O que sabemos a respeito deles?

Instalações Onde vamos produzir os nossos produtos? Quais equipamentos necessitamos?

Comercialização Algum membro do grupo sabe como definir preços para os nossos produtos? Caso contrário, como podemos adquirir experiência nisto?

Situação legal De que estrutura legal o nosso grupo precisará? Nós precisamos nos registrar para efeito de pagamento de impostos e outros propósitos? Nós precisamos de um estatuto? Quem organizará isto e quanto tudo isto custará? Onde podemos receber orientações?

Registros Algum membro do grupo tem conhecimentos básicos sobre como manter registros? Caso contrário, como podemos encontrar treinamento nesta área?

Armazenagem e transporte Como vamos armazenar, embalar e transportar os nossos produtos?

Contabilidade Como vamos lidar com o dinheiro? Nós precisaremos abrir uma conta bancária? Quais serão os nossos termos de pagamento: em dinheiro, em uma semana ou em um mês?

Prepare um orçamento para o seu primeiro ano de negócios, pois assim você saberá quais são os gastos prováveis, e compare este orçamento, então, com os rendimentos esperados. Se houver grupos produtores semelhantes na sua região, visite-os e aprenda através da experiência e dos problemas deles. Lembre-se de que o primeiro ano será o mais difícil, pois ele incluirá todos os gastos de implementação. Você precisará considerar o custo das matérias-primas, mãode- obra, equipamentos, embalagem, transporte e aluguel das instalações. Certifique-se de que você poderá sobreviver durante este ano antes de começar, pois caso contrário você terá muitas dores de cabeça, desperdiçará muito dinheiro e trabalho árduo, com poucas garantias de sucesso.

O mercado

Muitas vezes eu visito pequenos grupos produtores que me pedem para encontrar um mercado para todos os produtos que produziram. Infelizmente, os pequenos produtores descobrem com freqüência que os seus produtos não podem ser vendidos porque eles ignoraram a simples regra da oferta e da procura…

Antes de produzir as suas mercadorias, descubra primeiro se um número suficiente de pessoas deseja comprá-las.

Nunca produza mercadorias na esperança de ser capaz de vendê-las. Você simplesmente desperdiçará tempo, energia e dinheiro e acabará com estoques de mercadorias indesejadas. Realize primeiro uma pesquisa de mercado. Ela não precisa ser complicada. Não dependa da orientação de amigos que desejem incentivá-lo. Visite os mercados da região e converse com os donos de bancas, visite cidades vizinhas e converse com os proprietários de lojas. Investigue os mercados mais distantes, se for necessário. Que produtos vendem bem e estão sempre em demanda?

Novos modelos

Pode parecer bastante difícil pensar em novos modelos, serviços ou produtos alimentares. Considere o trabalho de criação de novos produtos como uma jornada agradável. Geralmente, pedimos orientações quando viajamos para um lugar novo e, durante o caminho, podemos parar para pedir orientações adicionais. A sua meta final é o produto acabado, mas para chegar lá, você precisará pedir orientações (voltamos à questão da pesquisa de mercado) e parar para considerar conselhos sobre algumas amostras. Considere os seguintes pontos:

Talvez você já esteja produzindo mercadorias que vendiam bem no passado, mas cuja demanda foi reduzida recentemente. Talvez você possa melhorar o número de pedidos fazendo algumas mudanças ou introduzindo alguns produtos novos. Algumas idéias:

Controle de qualidade

O controle de qualidade nunca deve ser ignorado. Uma vez que você saiba onde os seus produtos serão vendidos, verifique cuidadosamente a qualidade em todos os estágios. Os seus clientes desejarão produtos de boa qualidade pelo valor cobrado. Eles não continuarão a apoiá-lo se as suas mercadorias forem de má qualidade. No entanto, você também precisa manter um equilíbrio entre a alta qualidade e os gastos. Se você tiver que comprar matérias-primas muito caras, os seus preços poderão aumentar tanto, que as pessoas deixarão de comprar os seus produtos.

Se você tiver um grupo grande de trabalhadores, cada um deve compreender claramente o nível de qualidade que se espera deles. Eles devem saber, desde o começo, que trabalho Cada um deve compreender claramente o nível de qualidade que se espera deles. trabalho de má qualidade não será aceito. Defina padrões, faça uma lista de verificação e treine os trabalhadores, se for necessário. Faça fiscalizações sem aviso prévio. Dê números de referência aos seus trabalhadores para que assim você possa facilmente dizer quem é responsável por qual produto. Incentive e recompense os trabalhadores que sempre produzem mercadorias de alta qualidade.

Se você estiver exportando mercadorias, o controle de qualidade é ainda mais importante. Muitos países têm regulamentos quanto aos padrões de comercialização, os quais devem ser observados. Caso contrário, os pedidos poderiam ser cancelados ou as mercadorias poderiam ser devolvidas ou rejeitadas, sem pagamento.

O controle de qualidade inclui muitas coisas, assim como a maneira pela qual os produtos são montados. Se você usa corantes, por exemplo, eles são do tipo que não desbotam? Se você compra alimentos crus, eles estão contaminados com pesticidas? Se você adiciona guarnições ou acessórios aos seus produtos, eles são de boa qualidade? Seja rigoroso com os seus fornecedores de matérias-primas, se você achar que eles estão tentando venderlhe suprimentos de má qualidade. exemplo,

Armazene os produtos em áreas secas e limpas, onde possam ser protegidos contra os danos causados pela água ou umidade e por pragas como ratazanas ou gorgulhos. Certifique- se de que a sua embalagem é boa. Geralmente, os produtores dão pouca atenção a isto, mas embalagens de má qualidade podem fazer com que as mercadorias se quebrem ou se danifiquem, as quais não podem, então, ser vendidas.

Os clientes perceberão que as suas mercadorias são de alta qualidade e você criará uma repuação por ter produtos de confiança. Isto pode ser essencial no futuro, especialmente se outros produtores começarem a competir com você.

A sua receita será afetada se você permitir que sejam vendidas mercadorias de má qualidade. Permaneça no controle e certifique-se de que você sabe e compreende a qualidade exigida por parte dos seus clientes. Você será conhecido pelo fruto do seu trabalho.

Rose Collins é Consultora na área de pequenos negócios. Ela trabalha para a Tearfund e mora em Cingapura. O endereço dela é: c/o Barton Associates, 15-01 Golden Mile Tower, 6001 Beach Road, Cingapura.

Estudo de caso: Yaski Handicrafts, Indonésia

A empresa Yaski Handicrafts produz bijuterias. Quando eles iniciaram este trabalho há oito anos atrás, eles não dedicaram um tempo suficiente para pesquisarem os seus mercados, calcularem os custos, encontrarem boas matériasprimas e obterem as habilidades necessárias. Isto resultou em grandes perdas financeiras, que quase terminaram com o negócio. No entanto, eles começaram a considerar cuidadosamente os pontos acima mencionados, há dois anos atrás, e agora estão obtendo lucro.

Hoje em dia, a empresa Yaski Handicrafts está muito mais ciente do que os seus clientes requerem. Eles pesquisaram cuidadosamente os seus mercados, encontraram bons fornecedores de matérias-primas variadas, forneceram treinamento em novas habilidades e agora podem produzir uma maior variedade de bijuterias. Eles mantiveram os seus preços baixos e usaram novos modelos.

Estudo de caso: Chandpur Cottage Industries, Bangladesh

As Chandpur Cottage Industries (Indústrias Caseiras) têm produzido mercadorias de juta por muitos anos, fornecendo trabalho para mais de 1.500 mulheres, que produzem descansos para pratos e suportes para pendurar vasos de plantas. A maioria dos produtos eram produzidos com juta natural. No entanto, os gerentes notaram que o nível de vendas dos seus produtos estava começando a cair e compreenderam que algo novo era necessário. A resposta foi começar a usar corantes com a juta. Uma nova coleção usando juta colorida foi, então, iniciada. Desde então, novos modelos foram introduzidos para outros produtos, também usando as novas cores.

Hoje em dia, as Chandpur Cottage Industries são consideradas especialistas em produtos de juta tingida. A introdução de cores aos seus produtos aumentou as vendas significativamente e proporcionou novas oportunidades de comercialização.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar