Foto: Richard Hanson/Tearfund

Da: Gestão do risco diário – Passo a Passo 79

Como gerir os riscos que encontramos na vida diária

Um bom exemplo de uma pessoa que enfrentou grandes riscos foi Abraão (originalmente conhecido como Abrão). Embora os riscos que Abraão enfrentou fossem enormes, eles foram calculados e ponderados porque ele conhecia o caráter de Deus. Ele confiava em Deus.

Leia Gênesis 12:1-5

Mais tarde, Abraão encontra-se numa situação em que tem de arriscar a vida de seu próprio filho, Isaque, apesar de este ser o filho que Deus lhe havia prometido (Gênesis 18:10). 

Leia Gênesis 22:1-18 

Quando Abraão obedeceu à voz de Deus e foi para a montanha a fim de oferecer seu filho como sacrifício, ele demonstrou sua fé em Deus.

Pense sobre Hebreus 11:8-12. 

Enfrentar riscos calculados e ponderados é prova da nossa fé em Deus. Estamos preparados para enfrentar riscos por Deus quando Ele nos pedir? 

Que risco Deus está nos pedindo que enfrentemos agora para que seu nome seja glorificado e o seu Reino possa se expandir?

A fé de Abraão, que o fez concordar em enfrentar grandes riscos por Deus, tornouo conhecido como o “amigo de Deus”. Portanto, não tenhamos medo de enfrentar riscos quando Deus assim nos pedir. Não precisamos ter medo se os riscos que enfrentarmos estiverem baseados no Deus que pode fazer tudo.

Joanna Ilboudo é a Diretora Executiva da ACTS em Burquina Faso

E-mail: ilboudo.actsbf@gmail.com 

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora