Um pouco antes de Jesus começar seu ministério, ele foi levado para o deserto, onde ele passou algum tempo refletindo e considerando seu papel. Ele foi tentado a abusar de seu grande poder como líder, mas, ao invés disto, escolheu tornar-se um modelo de liderança servil.


Jesus nunca procurou um lar confortável ou riqueza. Ele dedicou sua vida a servir os outros através de seus ensinamentos, da cura e de seu amor pelas pessoas que encontrava. Embora os discípulos cometessem muitos erros e freqüentemente o desapontassem, ele continuava a incentivá-los, apoiá-los e desafiá-los. Seu exemplo de liderança servil deveria inspirar, desafiar e ser a meta para todas as pessoas em posições de responsabilidade.


Um líder servil coloca as necessidades dos outros em primeiro lugar e ouve seus pontos de vista. Alguns grupos dentro da igreja, tais como os mais idosos, as pessoas com deficiências, as mulheres e as crianças, podem ter poucas oportunidades de compartilhar suas necessidades e pontos de vista. Seus pontos de vista, suas opiniões e suas contribuições para a vida da igreja precisam ser valorizados. Desta forma, a tomada de decisão pode ser compartilhada, apropriada e seguida por todos os membros da igreja.


Discussão



 

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhar este recurso

Equipar pessoas que trabalham ao redor do mundo para erradicar a pobreza e a injustiça