Pular para o conteúdo Ir para o consentimento do cookie

Estudos bíblicos

Estudos bíblicos de "Preparando-se para desastres – um guia Pilares"

Guia de discussão em grupo, com oito estudos bíblicos sobre desastres, crises e a restauração

2005

Estes estudos bíblicos são destinados para uso em pequenos grupos. Eles podem servir como uma introdução útil para uma reunião em que diferentes tópicos do Guia serão discutidos. Escolha um estudo que esteja ligado ao tópico que você pretende estudar ou que seja relevante para a sua situação. Durante os estudos, incentive as pessoas a refletir sobre o que leram, discutir o significado e as implicações do que aprenderam e, finalmente, orar juntas pelas coisas sobre as quais aprenderam.

ESTUDO BÍBLICO 1 Rute: nova vida na pobreza

Leia Rute 1. Uma fome em Judá faz com que Noemi e sua família migrem para Moabe, onde seu marido e seus dois filhos morrem, deixando-a a ela e a suas noras na pobreza.

  • Discuta a resposta de Rute e Orfa para a insistência de Noemi para que elas permaneçam em sua própria terra. Qual seria a sua resposta, se você tivesse de deixar seu próprio país em tais circunstâncias?

Leia Deuteronômio 24:19-22 e Rute 2. Noemi e Rute retornam a Judá depois de ouvirem que há alimento disponível novamente, apesar de Noemi ter perdido seus direitos à terra, quando o marido e os filhos morreram. Entretanto, a lei judaica permitia que os pobres colhessem as sobras dos cereais na época da colheita. Rute encontra apoio, quando colhe a sobra numa terra que, no final, pertence a um dos parente de Noemi.

  • O que leva Rute aos campos de Boaz?
  • Por que Boaz responde de uma maneira tão interessada?
  • Que providências há nas suas leis e nos seus costumes para que os pobres obtenham alimento?
  • Qual é o papel das nossas práticas tradicionais de cuidar das pessoas com carências especiais?
  • Estas ainda são relevantes no nosso mundo atual?
  • De que forma estas práticas precisam mudar com o mundo atual, sem deixar, porém, de manter seu valor?

ESTUDO BÍBLICO 2 Rute: recuperando as vítimas da fome

Leia Levítico 25:25-28 e Rute 3 e 4. De acordo com o costume judaico, os pobres tinham oportunidades de reconstruírem suas vidas de várias maneiras. Uma era o costume da respiga (veja o Estudo 1), outra era o princípio do Jubileu, de se perdoarem as dívidas e se recuperarem as propriedades (Levítico 25:8-22). Um outro costume era que, se alguém ficasse pobre e perdesse suas propriedades, o membro da família mais próximo deveria readquirir a terra e retorná-la à pessoa.

  • Por que você acha que Boaz concordou em ajudar a readquirir a terra de Noemi?

Discuta as maneiras tradicionais em que a sua sociedade permite às pessoas que ficaram pobres reconstruir suas vidas.

  • As ações de Boaz fizeram com que Noemi tivesse descendentes para manter a sua linhagem familiar. Até que ponto isto é importante?
  • Como Deus abençoou as vidas de Rute e Boaz?

ESTUDO BÍBLICO 3 Neemias: inspiração

Leia Neemias 1 e 2:1-10. O exército babilônico havia destruído a cidade de Jerusalém, inclusive seu muro, e as pessoas tinham fugido para o Egito ou sido forçadas a se mudarem para a Babilônia. Alguns anos mais tarde, as pessoas começaram a retornar, mas não foram bem recebidas pelos novos governantes babilônicos. Elas não tinham um líder e nenhuma visão para o futuro.

  • Neemias aceita a responsabilidade de seu povo pelos desastres que lhe aconteceram. Deveríamos nós também aceitar a responsabilidade por alguns desastres? Se deveríamos, que tipo?
  • O que faz com que Neemias tome esta atitude tão corajosa?
  • O que Neemias pede ao Rei?

ESTUDO BÍBLICO 4 Neemias: planejamento cuidadoso

Leia Neemias 2:11-20

  • O que Neemias faz primeiro?
  • Como ele lida com a oposição?

O Capítulo 3 fala de como diferentes famílias assumem a responsabilidade por reconstruir seções do muro. Leia-o e veja se consegue descobrir quantas famílias diferentes participam.

  • Quais são os benefícios de se delegar o trabalho desta forma?

Leia Neemias 4. Mesmo quando o nosso trabalho é dirigido por Deus, podemos não estar livres de perigo ou da oposição.

  • Como Neemias reage à ameaça de violência?

Neemias enfrenta muitas outras dificuldades, desde a corrupção até atentados contra a sua vida. Entretanto, ele persiste e, no final, é bem-sucedido, conforme lemos no Capítulo 6:15-16.

ESTUDO BÍBLICO 5 Neemias: restauração da ordem

Com o trabalho de reconstrução concluído, o trabalho de Neemias estava longe de estar terminado. Havia ainda vários outros encargos para se restaurar a sociedade.

Leia Neemias 7:1-3

  • O que Neemias procura ao escolher bons funcionários?
  • Quais são as vantagens e desvantagens de se decidir trabalhar com membros da família?
  • Nem todas as sociedades são iguais. O que é apropriado na sua sociedade?

Leia Neemias 7:4-73a (mas não tente ler os versículos 6-65 em voz alta!).

  • Num desastre, geralmente os registros se perdem. Por que é importante recuperar os bons registros?
  • Quais foram os benefícios imediatos de se registrarem todas as famílias que retornaram do exílio?

Leia Neemias 8:1-12.

  • Como Neemias se assegura de que as pessoas leiam e entendam as palavras de Deus?
  • Você também se alegra, quando a palavra de Deus lhe é esclarecida?

As pessoas ficam para ouvir a lei de Deus durante sete dias (8:18-19). Isto ainda é lembrado pelos Judeus e conhecido como a Festa dos Tabernáculos. Depois eles confessam seus pecados e renovam sua aliança com Deus (Capítulos 9 e 10). As pessoas então estão prontas para se mudarem de volta para Jerusalém (11:1-2), e são alocadas funções de liderança entre os levitas, a tribo sacerdotal.

Finalmente Neemias organiza a dedicação do muro.

Leia Neemias 12:27-31 e 38-43.

  • Neemias podia retornar para casa depois de terminar o trabalho de construção. Por que ele fica?
  • Por que é importante reservar tempo para celebrar a bondade e a fidelidade de Deus?

ESTUDO BÍBLICO 6 Habacuque: alegria diante do desastre

O livro de Habacuque tem apenas três capítulos. Por causa da nota no final do livro, acredita-se que Habacuque era músico de um templo, e ele certamente escrevia numa linguagem poética. Os capítulos 1 e 2 descrevem uma conversa entre o profeta e Deus sobre o futuro da nação de Judá.

Leia Habacuque 3:1-2. Habacuque suplica a Deus por seu povo – não por algo bom que tenham (ou não tenham) feito, mas somente por causa do caráter e da misericórdia de Deus.

  • Que efeito isto tem nas pessoas?
  • Deveríamos sempre orar assim nas situações difíceis?

Os versículos 3-15 descrevem em linguagem poética como Deus mostrou sua ira em ocasiões anteriores.

Leia o versículo 3:16. Quando sabemos que há dificuldades a caminho, sempre ficamos com medo.

  • Como a fé permite que Habacuque fique à espera? Esta seria nossa reação à chegada de um desastre?

Leia os versículos 17-19. O profeta olha para as grandes coisas que Deus fez e se enche de alegria. Ele está decidido a se alegrar no Senhor, pois, mesmo perdendo-se todas as posses, Deus permanesse. Quando nos deparamos com grandes dificuldades na vida, as palavras de Habacuque podem trazer incentivo. Nossa fé em Cristo prepara-nos para todos os eventos que a vida nos pode apresentar. Habacuque confia em Deus e não na força humana. No final, Deus realmente julgará os maus.

  • Discuta como você reage ao ponto de vista positivo de Habacuque num momento de desastre. O que podemos aprender com ele?

ESTUDO BÍBLICO 7 Paulo: incentivo nas crises

Paulo é preso por causa de suas crenças. Ele sabe que não fez nada contra a lei e, depois de vários anos, apela para que o seu caso seja levado diante do Imperador César, em Roma. No final, Paulo e alguns outros prisioneiros são levados de navio para Roma.

Leia Atos 27:1-2 e 9-12

  • Paulo tem razão em ver que um desastre está por vir. Por que ele pode ver isto mais claramente do que o capitão do navio?

Esta passagem é um bom exemplo de como um desastre pode ser evitado através da preparação. O que teria acontecido, se o centurião tivesse escutado Paulo, ao invés do piloto? Discuta as razões por que ele escuta o piloto, ao invés de Paulo. Discuta situações em que tenha havido um desastre, porque um bom conselho foi ignorado em favor de uma opção mais fácil.

Leia Atos 27:13-26

  • Quantos avisos a tripulação do navio recebe da tempestade?
  • Como a tripulação responde ao perigo em que se encontra?
  • Como Paulo responde ao perigo que estão enfrentando?

Leia os versículos 33-44.

  • Apesar do fato de que suas vidas estão todas em perigo, Paulo permanece calmo e prático. Como ele compartilha sua fé com as pessoas a bordo?
  • Qual é o resultado final do testemunho de Paulo e de seu relacionamento íntimo com Deus?

ESTUDO BÍBLICO 8 A necessidade de se preparar para o futuro

Os Provérbios falam muito da sabedoria, e de como se precaver para o futuro é uma característica das pessoas devotas.

Leia Provérbios 6:6-8. A formiga é dada como exemplo de como o trabalho pode evitar um desastre no futuro.

  • Como podemos aprender com o exemplo da formiga e incentivar os outros, na comunidade, a contribuir com o trabalho necessário para evitar desastres?

Leia Provérbios 21:20.

É considerado sensato manterem-se estoques prontos para as épocas de necessidade e, insensato usar tudo o que se tem desnecessariamente.

  • Como este versículo nos ajuda a entender a necessidade de se estar pronto para as épocas difíceis? Que exemplos você conhece, na sua situação, a que este versículo se aplicaria?

Leia Provérbios 31:21. Esta passagem fala sobre a esposa devota. Ela toma providências para as épocas de necessidade e não teme a estação fria, porque se preparou para ela.

  • Que exemplos da nossa própria cultura poderíamos dar de como uma boa esposa se prepara para o futuro? Discuta isto mais a fundo como princípio para se estar preparado na comunidade.
  • Há outras passagens que você conheça, na Bíblia, em que se louva a preparação?

Talvez você queria considerar Gênesis 41:35-36 e Mateus 25:4. 

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outras pessoas para que elas também possam se beneficiar

Receba nossas novidades por e-mail

Fique sabendo em primeira mão sobre nossa aprendizagem e recursos mais recentes

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.