Pular para o conteúdo Ir para o consentimento do cookie

Da: Quando um desastre ocorre – Passo a Passo 18

Como as igrejas e as comunidades podem se preparar para os desastres, inclusive treinamento em primeiros socorros

José e sua resposta à seca
por Mike Wall e Vinay Samuel.

Leia Genesis Capítulo 41. José, que estava na prisão naquele tempo, foi chamado para interpretar alguns sonhos do faraó. A explicação dele sobre o que Deus estava dizendo através destes sonhos foi tão convincente que o faraó o colocou no comando do Egito. José organizou o armazenamento de todo o trigo excedente durante os sete anos de boas colheitas. Ele pediu que um quinto da colheita de cada ano deveria ser solicitada dos agricultores e armazenado para o governo. O trigo foi armazenado em celeiros nas cidades vizinhas.

No começo da seca os armazéns foram abertos e as pessoas puderam comprar os grãos. Quando a situação piorou, gado, trabalho e terras eram aceitos em troca do trigo (Genesis 47:13–21). As pessoas de países vizinhos podiam comprar trigo também (Genesis 42:1–5).

No final dos sete anos de seca, José deu sementes para que o povo pudesse plantar. Devido a toda a terra no Egito agora pertencer ao faraó, José determinou que um quinto da produção deveria ser dado ao faraó. O restante da colheita pertencia ao povo.

Pontos-chave

  • José sabia administrar muito bem. Ele foi guiado por Deus e pôde então planejar cuidadosamente e prever o que deveria acontecer. Para que ele pudesse executar o planejado, ele precisou de autoridade e poder. Qualquer pessoa que é colocada no comando dum programa de assistência durante um desastre precisa também de autoridade para tomar decisões rápidas e fazer com que sejam executadas, de maneira que sejam respeitadas e obedecidas.
  • O plano de José pareceu bom aos olhos de faraó e de seus servos (Genesis 41:37). A liderança local aceitou e confiou em seus planos. José teve a confiança de todo o povo. Em situações de emergência precisa haver esta confiança na liderança. As pessoas estão sob grande tensão e precisam dum líder em quem possam confiar.
  • Um quinto da colheita era tomado do agricultor como mantimento reserva. José desenvolveu uma nova maneira no uso da terra. Certas coisas que são desenvolvidas numa situação de emergência podem se tornar parte da vida normal.
  • A maneira como o trigo foi armazenado e distribuído expandiu o trabalho e responsabilibade por todo o país. Ao invés de ter um grande centro, José fez com que cada região montasse seu armazém.
  • O Egito era o único país que estava preparado para a fome no Médio Oriente. Pôde satisfazer suas próprias necessidades e a de países vizinhos. O planejamento em situações de desastre pode ser usado por Deus para fazer o bem e atingir seus propósitos no mundo.
  • Não houve nenhuma indicação de que esta seca foi um castigo de Deus sobre o faraó e o Egito. Parece ter sido uma calamidade causada pela própria natureza. Deus usou o projeto planejado por José para salvar a família de Jacó e a futura nação de Israel. Planejamento na área de prevenção e assistência em desastres pode ser usado por Deus para o benefício de outros e para que os própositos seus sejam alcançados no mundo.

Para discussão

  • Quanto pode ser aprendido da experiência de administração de José que possa nos ajudar na administração do nosso próprio trabalho?
  • Que mudanças você poderia fazer no sentido de preparar sua comunidade para atender possíveis situações de dificuldades e desastres? Você possui programas de dicipulado e liderança, por exemplo?

Discutam e orem juntos sobre possíveis planos e melhorias que possam fazer na vossa comunidade.

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outras pessoas para que elas também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.