Da: Quando um desastre ocorre – Passo a Passo 18

Como as igrejas e as comunidades podem se preparar para os desastres, inclusive treinamento em primeiros socorros

José e sua resposta à seca
por Mike Wall e Vinay Samuel.

Leia Genesis Capítulo 41. José, que estava na prisão naquele tempo, foi chamado para interpretar alguns sonhos do faraó. A explicação dele sobre o que Deus estava dizendo através destes sonhos foi tão convincente que o faraó o colocou no comando do Egito. José organizou o armazenamento de todo o trigo excedente durante os sete anos de boas colheitas. Ele pediu que um quinto da colheita de cada ano deveria ser solicitada dos agricultores e armazenado para o governo. O trigo foi armazenado em celeiros nas cidades vizinhas.

No começo da seca os armazéns foram abertos e as pessoas puderam comprar os grãos. Quando a situação piorou, gado, trabalho e terras eram aceitos em troca do trigo (Genesis 47:13–21). As pessoas de países vizinhos podiam comprar trigo também (Genesis 42:1–5).

No final dos sete anos de seca, José deu sementes para que o povo pudesse plantar. Devido a toda a terra no Egito agora pertencer ao faraó, José determinou que um quinto da produção deveria ser dado ao faraó. O restante da colheita pertencia ao povo.

Pontos-chave

Para discussão

Discutam e orem juntos sobre possíveis planos e melhorias que possam fazer na vossa comunidade.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar