Da: Captação de recursos local – Passo a Passo 111

Descubra a alegria que há em convidar pessoas a investirem em nosso trabalho e em nossos ministérios

Quando digo às pessoas que trabalho como captadora de recursos, frequentemente ouço comentários como: “Eu não gostaria de fazer isso” ou “Deve ser difícil”. Em resposta, pergunto a elas como se sentem quando alguém é generoso com elas ou quando elas são generosas com os outros. A maioria das pessoas, então, diz que sua vida é enriquecida e que elas têm uma sensação de libertação e satisfação.

Por que as pessoas acham que a captação de recursos deve ser difícil, mesmo havendo tanta alegria em dar e em receber? Talvez porque, além de generosidade, também há muita ganância em nosso mundo.

Equilíbrio

Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mateus 6:24). Ele também disse: “Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens” (Lucas 12:15).

Quando comecei a captar recursos, logo percebi que as pessoas mais generosas também costumam ser as mais contentes. Elas sabem que o dinheiro poderia se tornar seu senhor, mas estão determinadas a não deixar que isso aconteça. Elas dão generosamente o que têm, e isso as ajuda a manter sua própria vida em equilíbrio, além de ser uma bênção para os outros.

Ministério

Descobri a alegria de falar com as pessoas sobre doar. Adoro convidá-las a fazer parte de algo maior do que elas mesmas, para ajudar a reduzir a pobreza, capacitar a igreja, promover a dignidade e curar o mundo criado por Deus.

Henri Nouwen, em seu livro A espiritualidade da captação de recursos, diz: “A captação de recursos é antes de tudo uma forma de ministério. Captação de recursos é proclamar o que nós acreditamos, de tal forma que nós oferecemos a outras pessoas uma oportunidade de participar conosco em nossa visão e missão. Quando procuramos levantar recursos, não estamos dizendo: ‘por favor, você poderia nos ajudar porque ultimamente tem sido difícil’. Pelo contrário, estamos declarando: ‘nós temos uma visão que é incrível e emocionante. Nós o estamos convidando para você mesmo investir através dos recursos que Deus tem lhe dado – sua energia, suas orações, e seu dinheiro – neste trabalho para o qual Deus nos chamou”.

Watching people invest in God’s work has challenged me to look at my own attitude to money and make changes where necessary. I have also learnt to trust that God is in the conversations I am having. I have realised that if people do not want to give, as long as I have done my job well I can trust that the Lord has something else for them to get involved in. It is not personal. It is about God, not me. 

Ver as pessoas investirem na obra de Deus desafiou-me a examinar minha própria atitude em relação ao dinheiro e fazer mudanças quando necessário. Também aprendi a crer que Deus está presente nas conversas que mantenho. Percebi que, se as pessoas não quiserem doar, desde que eu tenha feito bem o meu trabalho, posso confiar no fato de que o Senhor tem alguma outra coisa reservada para elas fazerem. Não é nada pessoal. É algo que tem a ver com Deus, e não comigo.

Quando um projeto precisa de uma grande quantia, não tenho receio. Fico animada, sabendo que Deus já está mobilizando seu povo e chamando-o para algo novo, que abençoará todas as pessoas envolvidas.
Permita que Deus use você para convidar pessoas a fazerem parte da sua visão. Se o Senhor já estiver falando com os seus apoiadores sobre a sua obra, você baterá a uma porta aberta. Prepare-se para que o Senhor faça infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos (Efésios 3:20)..

Captação de recursos bem-sucedida

Ore

Comece sempre em oração. O trabalho que você está convidando as pessoas a apoiar enriquece a vida delas e leva-as a participar do plano maior de Deus? Peça a Deus que leve você até as pessoas certas, na hora certa. Ore para que ele guie suas conversas e que, independentemente do resultado, Deus seja glorificado.

A captação de recursos bem-sucedida depende de bons relacionamentos. As pessoas precisam ter certeza de que seu dinheiro será usado com responsabilidade.

Pense cuidadosamente sobre como pedirá dinheiro às pessoas. A maneira mais eficaz é encontrá-las presencialmente. Isso pode consistir em visitar pessoas, uma igreja, uma empresa ou um órgão do governo. Se você decidir escrever, é melhor escrever para uma pessoa individual do que enviar cartas padrão impessoais.

Se possível e apropriado, leve as pessoas para ver seu trabalho. Além de ajudá-las a entender melhor o projeto, essas visitas ajudarão a criar conexões duradouras entre os apoiadores e as comunidades em que você estiver trabalhando.

Explique o problema

Explique claramente a situação que você está tentando melhorar e as consequências de não se fazer nada. Por exemplo, explique por que o fato de as pessoas não terem acesso à água potável e ao saneamento é importante, e não apenas o que você está fazendo a respeito do problema.

UUse histórias, fotos e até vídeos curtos para ajudar os doadores potenciais a se identificarem com as comunidades. Explique o que você está planejando fazer, com quem e como. Inclua um orçamento na proposta e uma estimativa do número de pessoas que serão beneficiadas com o trabalho.

Explique como você monitorará o progresso e avaliará o impacto. Descreva os benefícios de longo prazo que você espera alcançar com o trabalho.

Agradeça

Quando as pessoas doarem, não se esqueça de lhes agradecer!

Forneça atualizações e relatórios para que os apoiadores possam orar pelo trabalho e ver o impacto que ele está causando. Compartilhe as coisas boas e as coisas ruins. A razão pela qual você está trabalhando em um determinado local é porque há desafios. Se as coisas derem errado, comunique rapidamente o que aconteceu e por quê. Explique o que você aprendeu e que mudanças fará para melhorar o trabalho no futuro.

When Money Goes on Mission

Fundraising and giving in the 21st century (Quando o dinheiro vai em missão – Captação de recursos e doação no século XXI) Por Rob Martin

O medo da captação de recursos, e não a falta de generosidade dos doadores, pode ser o principal motivo pelo qual muitos ministérios e organizações não têm recursos suficientes para suas diversas atividades.

Neste excelente livro, em inglês, Rob Martin deixa claro que a captação de recursos não deve ser difícil e a doação não deve ser forçada. Quando os atos de pedir, de dar e de receber estão baseados em relacionamentos, a captação de recursos torna-se uma alegria tanto para o captador de recursos quanto para o doador. O objetivo da captação de recursos é, portanto, atrair doadores para o ministério através do compartilhamento e do relato de histórias, bem como da conexão da paixão do doador à paixão do ministério.

O livro When money goes on mission dá orientações práticas sobre liderança, comunicação, prestação de contas e muitos outros aspectos essenciais da captação de recursos. Acima de tudo, o livro mostra que a captação de recursos baseada em relacionamentos é uma forma alegre de ministério!

O livro When money goes on mission é publicado pela Moody Publishers, 820 N. LaSalle Boulevard, Chicago, IL 60610, EUA. www.whenmoneygoesonmission.com


A espiritualidade da captação de recursos

Por Henri JM Nouwen

Um livro curto e inspirador, que explica como os captadores de recursos podem, com confiança, convidar pessoas a fazerem parte da sua missão. Acesse guiarede.org para uma versão abreviada deste livro em português

Publicado pela Upper Room Books, 1908 Grand Avenue, PO Box 340004, Nashville, TN 37212, USA. upperroom.org


Oportunidade de treinamento em captação de recursos

A Bíblia tem muitos exemplos de doações generosas para a obra de Deus. No entanto, a preocupação com a possibilidade de que as pessoas possam achar que estão sendo manipuladas, bem como em manter esse tópico separado do tópico da fé, impedem muitos líderes de ministérios por todo o mundo de captar os recursos de que precisam.

Em resposta a isso, foi formada a Ministry Fundraising Network (Rede de Captação de Recursos para Ministérios) do Movimento Lausanne, em 2015. A rede possui treinadores em vários países, que oferecem voluntariamente seu tempo para ajudar os captadores de recursos a descobrirem os recursos que Deus colocou ao seu redor no local onde trabalham. Esses recursos incluem tempo e talentos, assim como dinheiro, o que possibilita a participação de todos.

Além disso, várias vezes ao ano, a rede realiza treinamento on-line, ajudando as organizações locais a iniciarem e manterem programas de captação de recursos baseados nos princípios bíblicos. Esse treinamento é oferecido gratuitamente e está disponível no formato de autoaprendizagem.

Se quiser obter mais informações, envie um e-mail para: info@ministryfundraisingnetwork.org.
Você também pode acessar o treinamento e muitos outros recursos excelentes de captação de recursos através do site da rede: www.ministryfundraisingnetwork.org 

Barbara Shantz e Kehinde Ojo são colíderes da Ministry Fundraising Network do Movimento Lausanne.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar