Da: Saúde animal – Passo a Passo 34

Diferentes maneiras de melhorar e manter a saúde animal

Ines Vivian Domingo.

O uso de plantas para curar doenças é uma prática muito antiga. A preparação de medicamentos à base de ervas continua sendo algo importante no tratamento de seres humanos e animais, especialmente nas zonas rurais. Em comunidades isoladas, os agricultores pequenos e de subsistência dependem muito do uso de plantas medicinais na ausência de veterinários e medicamentos veterinários modernos. De qualquer maneira, mesmo se eles estivessem disponíveis, os criadores de animais não poderiam pagar pelos seus serviços ou comprar os medicamentos. As plantas medicinais, assim como uma nutrição adequada e a prevenção de doenças, podem ajudar no tratamento de animais de uma maneira barata.

Nas páginas centrais há informações sobre plantas comumente encontradas nos trópicos que já foram bem pesquisadas, testadas, amplamente usadas e reconhecidas como eficazes por parte dos agricultores. Há informações sobre quais partes das plantas são usadas e os usos conhecidos, assim como o método de preparação e administração. (A maioria das plantas mencionadas nesta edição também podem ser usadas pelos seres humanos. No entanto, deve-se consultar um especialista nas plantas da região para obter orientações.)

As dosagens indicadas são adequadas para o gado e os búfalos (carabaos) adultos. Os animais jovens e menores, tais como as cabras, ovelhas e porcos, devem tomar metade da dosagem recomendada. Tal como os medicamentos veterinários comerciais, as dosagens são parcialmente determinadas pelo peso do animal e, devido a isso, a quantidade a ser dada para o gado de pequeno porte deve ser menor do que a dosagem para os animais adultos de grande porte.

Algumas das dosagens indicadas variam dentro de certos limites, tais como 1/2–1 chávena (xícara), devido às variações no tamanho ou no peso dos animais. Você deve ajustar a quantidade a ser usada adequadamente.

Use somente um medicamento à base de plantas de cada vez. Desta maneira, tornase mais fácil identificar a causa da melhoria nas condições do animal do que se for usada uma mistura de muitas plantas.

Plantio, coleta, colheita e processamento

Apesar da maioria das plantas medicinais crescerem naturalmente no campo, as famílias que vivem em fazendas serão melhor servidas se as plantas forem cultivadas nos seus próprios quintais. Se um animal ficar doente, a planta pode ser facilmente encontrada sem a necessidade de caminhar grandes distâncias à sua procura. A época e o método de colheita das plantas medicinais são muito importantes. As plantas contêm ingredientes ativos (as propriedades responsáveis pelo valor medicinal da planta), os quais são afetados por certos fatores como a temperatura, humidade, luz e a maneira como a planta é manuseada durante a colheita.

Geralmente, é melhor colher as plantas de manhã, em um dia quente e ensolarado. As diferentes partes das plantas requerem métodos diferentes de coleta:

Colha apenas as partes recomendadas, uma vez que a distribuição relativa dos ingredientes ativos varia dentro do corpo da planta. Às vezes, as raízes ou as sementes podem ter um teor maior do ingrediente ativo ou vice-versa. Colha o material apenas das plantas saudáveis, sem sinais de danos, doença ou qualquer anormalidade.

É necessário fazer uma secagem adequada, se o medicamente recomendado precisar ser seco ou armazenado para uso futuro. As plantas podem ser secas ao sol ou ao vento. As folhas devidamente secas se desintegram facilmente. Quantidades pequenas podem ser secas em um recipiente grande e transparente, assim como uma jarra sem tampa ao lado de uma janela ensolarada.

Grandes quantidades podem ser penduradas em feixes, cestos ou sacolas entrelaçadas em um lugar aberto e com sombra ou distribuídas sobre uma esteira limpa em um local aquecido e seco dentro de casa. Não seque as plantas em calçadas ou telhados, pois o calor extremo destruiria alguns dos ingredientes ativos.

Mantenha os medicamentos feitos com as plantas secas dentro de recipientes herméticos. A umidade facilita o crescimento de bolor e outros microorganismos (assim como a infestação de insetos), resultando na destruição do ingrediente ativo e na deterioração do medicamento feito com a planta. Mantenha o recipiente em um lugar seco e fresco, fora do alcance direto da luz. Por último, coloque um rótulo no recipiente, indicando o nome da planta e a data da coleta.

Ines Vivian Domingo é a Coordenadora do SEA Media Support Program, Studio Driya Media, Jl Makmur 16, Bandung 40161, West Java, Indonésia. Ela é especializada no desenvolvimento de materiais educacionais para apoiar iniciativas de desenvolvimento comunitário. Com 15 anos de experiência, ela dá treinamento na área de produção em comunicações e mídia e também realiza trabalhos de consultoria.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhar este recurso

Equipar pessoas que trabalham ao redor do mundo para erradicar a pobreza e a injustiça