Ir para o consentimento do cookie

Da: Serviços de saúde – Passo a Passo 42

Como ajudar as pessoas a tomar boas decisões sobre suas próprias necessidades de saúde

Neil McDonald.

ODONTOLÓGICO significa ‘relativo à odontologia’ (parte da medicina que trata dos dentes)
ORAL significa ‘relativo à boca’

O Nepal é um dos dez países mais pobres do mundo, com apenas $6 disponíveis no orçamento do governo para fornecer serviços de saúde para cada pessoa por ano. O tratamento de doenças infecciosas do tórax e dos intestinos consome todo este dinheiro. Quem se importa com os dentes

Nossos estudos mostram que a rápida urbanização que está ocorrendo nos países do Terceiro Mundo causam mais cáries dentárias, porque há uma maior disponibilidade de alimentos que contêm açúcar, tais como biscoitos e refrigerantes.

Nos países industrializados, a atitude tradicional é ‘ir ao dentista’, quando algo estiver mal. No Nepal, há 100 dentistas para 24 milhões de pessoas. Qual é a chance de se encontrar atendimento odontológico, quando se tem uma dor de dente grave? Se você morar em Katmandu, a capital, talvez você tenha sorte, já que 92 dos dentistas trabalham lá, atendendo um milhão de pessoas da população. Assim, sobram apenas oito dentistas para tratar dos 23 milhões restantes…

O Programa de Saúde Oral da United Mission to Nepal (UMN) desenvolveu uma abordagem sem precedentes para lidar com as necessidades de saúde oral através da criação de um trabalho a três níveis:

Primeiro nível
(Pesquisa, trabalho em rede e publicações para incentivar mudanças nas políticas)

Segundo nível (Atendimento odontológico preventivo)

Terceiro nível (Atendimento curativo)

À medida que o trabalho nos dois primeiros níveis começa a produzir efeito, o trabalho no terceiro nível torna-se, de maneira ideal, uma rede de segurança, e não o enfoque principal. Na prática, esta é uma estratégia a longo prazo, que tem por fim ajudar as pessoas a tomar conta de suas condições de saúde oral. Nossa ênfase volta-se principalmente para a prevenção das doenças odontológicas.

Neil McDonald tem trabalhado como Diretor do Programa de Saúde Oral da United Mission to Nepal por três anos. Este programa é apoiado pela Tearfund. Neil também trabalhou por vários anos no Quênia e no Reino Unido como dentista. Seu endereço é: c/o UMN, PO Box 126, Katmandu, Nepal.

Fax: + 977 1 225559 E-mail: OHP@umn.mos.com.np

Comentários recebidos durante as sessões de treinamento

‘Quero cuidar de meus pacientes e dar-lhes tudo o que eu puder. Este treinamento mostrou que alguém também se preocupa comigo. Obrigado!’

‘As pessoas que eu atendo exigem muito de mim todos os dias. Eu não sou um médico, sou apenas um paramédico rural. Eu me sinto melhor, porque posso ajudá-los com minhas novas habilidades odontológicas.’

‘Por favor, posso voltar daqui a seis meses para um curso de reciclagem?’

‘Agora, estou planejando realizar uma sessão odontológica todas as terças-feiras em meu posto de saúde.’

ESTUDO DE CASO - Tek, Leena

Penas ou fórceps?

Tek Chhetri é um rapaz de 23 anos do oeste do Nepal, que ganha a vida como professor numa escola primária, a duas horas de caminhada de seu povoado perto de Tansen. Seus pais idosos dependem dele para seu sustento, assim, seu salário de $45 por mês é bastante limitado. Tek gostaria de se casar com uma menina local, mas não possui condições financeiras para isto. Ele está tentando melhorar sua situação estudando para obter um diploma na universidade local, antes de ir para o trabalho todos os dias. As exigências financeiras e de trabalho atribuídas a ele resultam em problemas de saúde freqüentes.

Um dente molar vinha-lhe causando muita dor por várias semanas. Uma manhã, ele acordou e viu que seu rosto havia inchado a tal ponto, que o olho direito estava totalmente fechado e ele mal podia abrir a boca. Com muita dor, ele procurou conselho de um curandeiro religioso local, o qual recomendou que ele lhe trouxesse doze galinhas gordas. Tek pediu emprestado o equivalente a metade de seu salário mensal a altos juros de um prestamista e comprou as galinhas. Depois que as aves haviam sido sacrificadas, o curandeiro religioso colocou um clipe para papéis no lóbulo da orelha de Tek e disse-lhe que tudo ficaria bem.

No dia seguinte, Tek estava num estado terrível, com uma febre violenta e mal podia caminhar. Alguém no povoado sugeriu que ele visitasse o posto de saúde do governo a uma hora de distância, no vale seguinte. Tinha-se ouvido falar que um paramédico de lá havia recebido treinamento odontológico básico através do Programa de Saúde Oral da UMN. Um amigo ajudou Tek a ir até lá, e ele foi atendido por um profissional de saúde que, na mesma hora, arrancou o dente cariado, sem cobrar nada. Quando ele voltou para uma visita de revisão uma semana mais tarde, Tek estava muito contente. ‘Na próxima vez que você tiver um problema, traga suas galinhas para mim!’, disse o paramédico.

Conselho em boa hora

Leena Khadka é uma moça atraente de 19 anos. Sua mãe faleceu quando ela tinha 10 anos, e seu pai saiu de casa. Leena foi criada por outros familiares, mas, para se confortar, começou a mascar pan (fruto da areca), que é um estimulante. Depois de vários anos, ela começou a sentir dor quando abria a boca, e deu-se conta também de que não podia abri-la tanto quanto antes. Ela não conseguia comer sua comida picante favorita e deixou de ver seus amigos, pois não conseguia sorrir sem sentir dor.

Leena achou que estava com câncer (cancro) de boca e ficou com tanto medo, que não procurou ajuda até os 17 anos. O paramédico do posto de saúde local havia sido treinado recentemente pelo Programa de Saúde Oral da UMN no diagnóstico e tratamento de problemas na boca comuns. Ele observou pequenos tumores nas bochechas de Leena, os quais eram o resultado de seu hábito de mascar pan. Ele a aconselhou a parar com este hábito – o que ela fez com grande dificuldade. Ele também a avisou de que este problema poderia se transformar em câncer (cancro) de boca, mas, se ela parasse agora, o risco seria muito menor.

Leena queria mais ajuda, e o paramédico encaminhou-a para um hospital da UMN, onde um dentista ofereceu-lhe aconselhamento e deu-lhe exercícios para a boca. Isto ajudou-a a aumentar a abertura da boca a um nível aceitável e aumentou sua auto-confiança. Como prova, ela até entrou no concurso de beleza para Miss Nepal este ano!

ESTUDO DE CASO - Confiança através do treinamento apropriado

Durga Adhikari trabalha em um posto de saúde rural faz três anos. Seu treinamento de dois anos como paramédico preparou-o para lidar com a maioria das necessidades de saúde básicas que se apresentam a cada dia, com exceção do atendimento odontológico. Isto costumava preocupá-lo todas as vezes que alguém chegava sentindo dor. Ele não tinha a mínima idéia de onde injetar uma anestesia local. Seu kit continha um fórceps de extração de dentes antigo e enferrujado, que só servia para os dentes inferiores posteriores, e não havia lugar algum para se enviar as pessoas para serem atendidas.

Durga recebeu um mês de treinamento odontológico intensivo do Programa de Saúde Oral da UMN e, agora, é capaz de tratar casos simples de maneira confiante com seu novo kit. Ele encaminha os casos complicados para um hospital (distante). Antes, ele achava muito estressante tentar ajudar as pessoas com dor. Ele não tinha muita idéia do que havia causado as doenças e, portanto, achava difícil oferecer conselhos. Estas frustrações faziam-no sentir-se desiludido em seu trabalho pela falta de apoio e oportunidade de estudos adicionais, e abandonado em sua situação rural.

Pessoas como Durga (na fotografia abaixo) são a base dos cuidados de saúde no Nepal. A UMN reconhece este fato e utiliza estas pessoas como alvo de seu treinamento e apoio. Os habitantes dos povoados que recebem atendimento estão contentíssimos por terem ajuda local, ao invés de terem que viajar muitos quilômetros de distância. Este é um testemunho cristão na prática – esperança para os desesperados e cura para os enfermos.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.