Foto: Elish Majumder / HEED

Da: Prestação de contas – Passo a Passo 76

Como podemos prestar contas por nossas ações e também exigir que outros nos prestem contas

Prince David

Leia Esdras 8:28-34

Esdras selecionou doze homens para carregar artigos de ouro, prata e bronze para Jerusalém. Estes artigos foram primeiramente pesados e, na hora da entrega, foram prestadas contas. Eles receberam instruções: “Vós sois santos ao Senhor, e santos são estes vasos... Guardai-os até que os peseis nas câmaras da casa do Senhor.” Esdras 8:28-29

Prestação de contas significa ser responsável pelo cumprimento dos deveres e das obrigações. Foi pedido aos doze sacerdotes que realizassem tarefas sacerdotais, que incluíam a proteção do que era propriedade do templo. Eles jejuaram para pedir a proteção de Deus para a viagem. A viagem era longa, e eles estavam expostos a possíveis assaltos.

A prestação de contas bíblica começa ao assumirmos a responsabilidade pelas nossas próprias ações e ao decidirmos conscientemente pedir a ajuda de Deus e dos outros para cumprirmos o que é certo.

Prestação de contas a Deus Pedir proteção a Deus foi um sinal de dependência de Deus e prestação de contas a Ele. Veja também Romanos 14:12 e Hebreus 4:13.

Prestação de contas a si próprio Os doze homens eram santos, e seria incabível roubar ou enganar. Ao assumirem a responsabilidade por seu chamado, eles permaneceram puros de coração. Veja também Salmos 139:23-24.

Prestação de contas a outros Os homens de Esdras eram responsáveis pela proteção dos objetos de valor e das vidas uns dos outros durante a viagem. Da mesma forma, em 1 Coríntios 12:12-28, Paulo descreve os membros da igreja como membros de um só corpo, responsáveis uns pelos outros e com o dever de prestarem contas uns aos outros.

Prince David é o Representante Nacional da Tearfund para a Índia.

E-mail: prince.david@tearfund.org

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhar este recurso

Equipar pessoas que trabalham ao redor do mundo para erradicar a pobreza e a injustiça