Ir para o consentimento do cookie

No distrito de Pallisa, em Uganda, uma igreja local foi treinada por uma organização parceira da Tearfund, a Pentecostal Assemblies of God (PAG), em Mobilização de Igrejas e Comunidades (MIC), conhecida localmente como Processo de Avaliação Participativa (PAP). Durante o treinamento, a igreja e a comunidade identificaram juntas a necessidade de ter uma escola secundária em seu povoado como sendo o problema mais urgente e decidiram abordar a questão, pois viram que isso poderia ser extremamente benéfico para muitas crianças.

Puede descargar este estudio de caso en el panel que aparece a continuación. Role para baixo paracontinuar lendo nesta página. 

Ver ou baixar este recurso

Obter este recurso

Eles concordaram em construir uma escola dentro da propriedade da igreja e captaram recursos para realizar o trabalho. Assim, foi aberto o Royal Christian College. Os alunos eram incentivados a pagar uma pequena taxa para cobrir salários modestos para os professores.

Embora as lideranças locais tivessem sido envolvidas no projeto desde o início, a igreja e a comunidade não envolveram o Departamento de Educação do Distrito. À medida que a escola se expandia e o número de novos alunos aumentava, as exigências do governo local tornaram-se aparentes. O governo explicou que a escola precisava estar registrada no Ministério da Educação para ser reconhecida como centro oficial de exames pelo Conselho Nacional de Exames de Uganda e que seria necessário fornecer um laboratório para as aulas de ciências dos alunos. O governo disse à comunidade que, a menos que a escola atendesse aos padrões exigidos, ela teria de ser fechada.

Como a igreja e a comunidade não haviam cumprido os requisitos legais ou consultado as políticas de educação relevantes para abrir uma escola, elas ficaram chocadas com essa notícia. Elas não haviam compreendido que seu projeto de criação de uma escola precisava atender às regulamentações do governo.

A comunidade, agora, está começando a trabalhar com o Departamento de Educação do Distrito para garantir que os regulamentos do Ministério da Educação sejam cumpridos. Essa foi uma lição para ela sobre a importância de trabalhar juntamente com os funcionários do governo desde o início em seus esforços para alcançar uma transformação de longo prazo em seu povoado. A comunidade agora solicitou treinamento de advocacy (defesa e promoção de direitos) à PAG sobre como trabalhar com o governo local e deseja saber mais sobre as políticas governamentais e compreendê-las.

Este breve estudo de caso, sobre o tema: crianças e educação, mostra um exemplo do impacto da utilização das seguintes abordagens de advocacy:

Os estudos de caso podem ser usados juntamente com o Kit de ferramentas de Advocacy, pois fornecem exemplos práticos para ilustrar a abordagens descritas.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Receba nossas novidades por e-mail

Fique sabendo em primeira mão sobre nossa aprendizagem e recursos mais recentes

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.