Da: Quando um desastre ocorre – Passo a Passo 18

Como as igrejas e as comunidades podem se preparar para os desastres, inclusive treinamento em primeiros socorros

Adaptado do livro Seed to Seed de Suzanne Ashworth, com permissão.

O custo e a disponibilidade de sementes é frequentemente um problema para pequenos agricultores. Os agricultores geralmente sabem exatamente como cultivar e propagar colheitas tradicionais. No entanto, em muitas partes do mundo vegetais como o repolho, o tomate, a cebola, a couve e o pimentão são novidades e estão se tornando muito populares. Neste caso, agricultores sabem pouco sobre como colher e guardar as sementes destas plantas. Eles frequentemente dependem da compra de novas sementes para cada cultura. Estas idéias úteis aqui apresentadas foram adaptadas do livro Seed to Seed (cujos detalhes estão na página anterior).

Tomates

O tomate é originário da América do Sul mas hoje em dia pode ser encontrado em todo o mundo. As plantas do tomate se polinizam por si proprias, podendo-se assim cultivar várias espécies na mesma horta e se colher sementes de cada variedade. É fácil de se colher as sementes do tomate. Deixe-o amadurecer naturalmente e corte-o ao meio na horizontal (não corte através do caule). Retire as sementes e a polpa, colocando-os numa tigela ou balde. O resto do tomate pode ser consumido. Adicione um pouco de água às sementes e misture bem até formar uma pasta. O liquidificador é ideal para isto.

Cada semente do tomate é coberta por um tipo de gel. Em condições naturais (isto é, se não colhermos e comermos o tomate!) este gel contém substâncias que impedem a germinação até que o tomate apodreça, deixando as sementes no solo para germinar. É necessário que se duplique este processo de apodrecimento. Deixe o recipiente com as sementes e o gel fermentando por uns três dias. O cheiro é bastante desagradável. Não deixe o recipiente dentro da casa ou ao alcance de crianças ou animais para evitar de ser derramado. Em pouco tempo o recipiente vai estar coberto por uma camada branca ou cinza de bolor. Adicione água suficiente para dobrar a quantidade e misture bem. As sementes boas vão assentar no fundo do recipiente, podendo-se assim decantar o bolor, a poupa e as sementes vazias com cuidado. Adicione mais água e repita a operação até que sobrem apenas as sementes limpas. Coloque as sementes numa peneira de cozinha. Seque a parte de baixo da peneira com uma toalha removendo o máximo possível de água. Coloque as sementes num prato para secar. Não coloque as sementes sobre papel pois elas se colam a ele. Mexa as sementes sobre o prato pelo menos duas vezes por dia, até que se sequem. Não seque as sementes diretamente na luz do sol ou no forno. Guarde as sementes num pote hermético de vidro – elas duram de quatro a dez anos.

A Família do Repolho

A família do repolho também inclui a couve, o brócolis, a couve-flor e o repolho chinês. Todos eles podem ser cruzados uns com os outros. Então é melhor que se cultive uma só variedade de cada vez em sua horta, se você planeja colher as sementes. Selecione algumas das plantas em melhores condições e não faça a colheita delas quando estiverem prontas para consumo. Deixe-as continuar crescendo. Todas estas plantas produzem então flores amarelas e uma espécie de vagem com sementes dentro. O repolho não produz sementes até ao próximo ano. O talo onde as sementes crescem é geralmente bem alto. Quando as vagens com as sementes começam a ficar com um cor marrom clara e quebradiças, comece a colher as sementes. As vagens com as sementes mais maduras ficam na parte mais baixa do talo e devem ser colhidas à mão assim que secarem. A colheita continuará por várias semanas. O talo inteiro pode ser colhido quando a maioria das vagens estiverem secas, se não houver tempo para se colher manualmente. Seque bem as vagens mas não diretamente expostas ao sol. Debulhe as vagens secas, guardando as sementes e se desfazendo do restante da vagen. Guarde as sementes num pote ou recipiente hermético. Elas podem ser conservadas durante cinco anos.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora