Da: Participação de crianças – Passo a Passo 38

Como incentivar as crianças a compartilhar seus pontos de vista e participar das atividades comunitárias

Glenn Miles.

No trabalho de desenvolvimento comunitário, ouvir as pessoas é uma parte essencial do processo. No entanto, até mesmo quando os métodos participatórios tomam em consideração as opiniões das mulheres, dos agricultores, dos idosos, das pessoas deficientes e dos líderes comunitários, raramente as crianças são consultadas.

Por que as crianças são deixadas de fora?

Para quê ouvi-las?

Como podemos ouvir?

Para que as opiniões de muitas crianças sejam ouvidas, um pequeno levantamento ou questionário podem ser preparados. Há muitas maneiras de fazer isso:

Levantamentos individuais É melhor usar este método para questões delicadas e para descobrir quão comuns são os diferentes tipos de comportamentos nocivos à saúde. Demora bastante para realizar esses levantamentos individuais. Eles podem ser feitos na forma de questionários escritos ou perguntas pessoais.

Grupos de discussão Trabalhando-se em pequenos grupos, pode ser mais fácil descobrir que opiniões, experiências e habilidades as crianças possuem. As crianças ajudam a incentivar novas idéias entre elas próprias e uma maior quantidade de opiniões vindas das crianças podem ser ouvidas em um menor espaço de tempo.

As perguntas a serem feitas devem levar em consideração o seguinte:

Levantamentos com questionários Muitas pessoas acham que os questionários não são tão bons como os outros métodos mas eles são relativamente rápidos e fáceis de serem usados com crianças. Eles também são uma boa maneira de aprendermos sobre como fazer pesquisas com crianças e podem ser usados em uma sala de aula.

Quem deveria ouvir?

As pesquisas com crianças podem ser feitas por profissionais da área da saúde, professores ou líderes de jovens com condições de comunicarem bem com as crianças. Isso significa que, apesar de terem uma boa capacidade para ouvirem as crianças, eles também precisam de se fazer entender ao comunicarem. Você talvez conheça adultos com os quais as crianças tenham facilidade de conversar. Quando estiverem sendo abordados assuntos delicados ou quando as crianças tiverem sido traumatizadas de alguma maneira, a pessoa que estiver conduzindo a pesquisa deve primeiro receber treinamento de uma outra pessoa qualificada sobre como comunicar com as crianças.

Preocupações e considerações

Algumas perguntas que precisam de ser consideradas antes de se ouvirem as opiniões das crianças:

Glenn Miles tem experiência no Camboja na área de saúde comunitária urbana e atualmente trabalha como consultor na área de desenvolvimento infantil para a Tearfund. Ele pode ser contatado através da Equipe para a Ásia, Tearfund, 100 Church Road, Teddington, TW11 8QE, Inglaterra.
E-mail:
gmmiles@compuserve.com

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora