Da: Tecnologias adequadas – Passo a Passo 46

Como testar e adaptar ideias para atender às necessidades locais

Vencedor da Competição

 

Lois Ooms.

  

Estamos envolvidos num programa de saúde com base na comunidade e gostaríamos de compartilhar uma idéia, que mostrou ser muito útil aqui e nos tem ajudado a expandir nosso trabalho na área da saúde comunitária

 

Trabalhamos nas escarpas do Vale Rift, no oeste do Quênia, numa área em que chove quase todos os dias. Descobrimos que quase todas as crianças aqui estão infestadas com vermes, principalmente lombrigas (Ascaris). No hospital, freqüentemente tínhamos casos de cirurgias de emergência, por causa de obstruções intestinais, em que os cirurgiões tinham de retirar baldadas de vermes de uma só criança. Assim, além de ensinar sobre saneamento, lavar as mãos e beber água potável, percebemos que tínhamos de fazer algo quanto à desparasitação (desverminação) das crianças. Ao ensinarmos as pessoas, vimos que a maioria dos pais sabiam que seus filhos estavam com vermes, mas achavam difícil trazê-los para serem tratados, porque precisavam de pagar pelo transporte público, pela consulta, pelo exame de laboratório e pelos remédios para vermes.

 

Depois de muito debate, desenvolvemos planos para ajudar a comunidade inteira a desparasitar (desverminar) as crianças. A desparasitação (desverminação) não só retira os vermes da criança, mas também melhora sua saúde geral. Tratando todas as crianças juntas, é mais difícil que elas os adquiram novamente.

 

Se uma comunidade decide que quer fazer a desparasitação (desverminação), ela envia representantes ao nosso escritório, para decidir uma data adequada e deve fornecer doze pessoas, para nos ajudar no dia escolhido. Pede-se, também, à comunidade que forneça almoço para nossos funcionários. Os representantes da comunidade são responsáveis por informar as pessoas sobre a data. Também ensinamos a comunidade sobre os benefícios da desparasitação (desverminação) antes da data escolhida.

 

(Abaixo) Dosagens para os diferentes grupos etários

 

IDADE

              DOSAGEM DE KETRAX

1-2 anos

25mg (meio comprimido de 50mg)

3-8 anos

50mg (um comprimido de 50mg)

9-15 anos

100mg (dois comprimidos de 50mg)

acima de 15 anos

150mg (um comprimido de 150mg)

 

Quando chegamos, geralmente trabalhamos em quatro equipes, com uma pessoa da comunidade para fazer as inscrições, um de nossos funcionários para ser o caixa e duas pessoas da comunidade, para ajudarem as crianças a engolir os comprimidos. Utilizamos levamisole  (ketrax), que é um comprimido de dose única (veja a tabela ao lado). Cobramos por cada pessoa que tratamos, mas o preço é realmente muito pequeno, variando de KSh 3/= para as crianças de 1–2 anos de idade a KSh 15/= para pessoas acima de 15 anos (1 dólar americano = KSh 70/=). No entanto, mesmo cobrando tão pouco, ainda conseguimos pagar pelo custo do remédio e de nosso transporte.

Com um bom planeamento por parte dos líderes comunitários, somos capazes de tratar mais de 2.000 pessoas num só dia. Os que planeam bem, fazem as crianças das escolas primárias virem de manhã, classe por classe, e as mães com crianças pequenas, de tarde, pois elas, muitas vezes, têm tarefas domésticas durante a manhã.

Em cinco comunidades, o que realizamos levou as pessoas a pedir que começássemos um programa completo de educação sobre a saúde comunitária, ensinando sobre outras doenças comuns, treinando parteiras tradicionais, ensinando sobre a prevenção da AIDS (SIDA) e outros assuntos.

Lois J Ooms é o coordenador de saúde comunitária do Litein Cottage Hospital, PO Box 200, Litein, Quênia.

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora