Ir para o consentimento do cookie
Foto: Marcus Perkins

Da: Saúde sexual – Passo a Passo 69

Como iniciar a conversa sobre questões sexuais

Agora, há 40 milhões de pessoas que vivem com o VIH no mundo. Em 2005, mais 4,1 milhões de pessoas infectaramse, e 2,8 milhões morreram de doenças relacionadas com a SIDA (AIDS).

Um desafio fundamental para a igreja, hoje, é encontrar uma resposta bíblica para a pandemia, que seja realmente relevante e eficaz frente às realidades do nosso mundo. A igreja deveria estar a mostrar o caminho. Refletir sobre os temas bíblicos da graça, da compaixão e da humildade pode desafiar o estigma. Falar contra a injustiça pode começar a mudar as atitudes prejudiciais. A Tearfund facilitou um encontro de treinamento para os seus parceiros e outros grupos cristãos na Nigéria, este ano, para discutir a ampliação das suas abordagens para a prevenção do VIH.

Uso de preservativos

No encontro de treinamento, discutimos sobre abordagens de redução de riscos, inclusive o uso apropriado de preservativos, no trabalho de prevenção do VIH. Muitas pessoas das igrejas acreditavam que os preservativos incentivavam a promiscuidade. Elas não se importam de falar sobre a abstinência e a fidelidade, mas não estão dispostas a dar informações precisas ou completas sobre os preservativos.

Os cristãos são chamados para amar e servir as pessoas, não para julgá-las. É possível amar uma pessoa, escondendolhe informações que poderiam salvar a sua vida? Os participantes ao encontro de treinamento concordaram que, para salvar vidas, é necessário reduzir, sempre que possível, o risco imediato de infecção para as pessoas. Os preservativos podem prevenir a transmissão do VIH e outras infecções transmitidas sexualmente. Um contexto adequado para oferecer informações sobre os preservativos seria o aconselhamento e os cuidados pastorais, inclusive a preparação para o casamento e o trabalho juvenil. Este contexto de confiança e relacionamento dá às pessoas a oportunidade de conversarem sobre quaisquer preocupações.

Abordagens mais amplas

Para muitas pessoas da igreja, esta questão do uso de preservativos é um ponto principal de discórdia e pode se tornar o foco da discussão. Entretanto, ela deveria ser vista simplesmente como uma parte de uma abordagem mais completa e eficaz para a prevenção do VIH. A educação e o trabalho de defesa e promoção de direitos também são necessários para lidar com as questões sociais mais amplas que tornam as pessoas vulneráveis ao VIH. Isto inclui:

A igreja precisa de ir além das suas respostas actuais ao VIH, as quais não são adequadas.

O Rev. Dr. David Evans é um consultor independente sobre o VIH e ex-Acessor de VIH e SIDA da Tearfund. E-mail: david.m.a.evans@btinternet.com


Valorizando a vida

A Tearfund promove a abstinência antes do casamento e a fidelidade dentro dele como o ideal para os relacionamentos sexuais. Na realidade, trabalhamos num mundo em que a pobreza está por toda a parte, os direitos humanos são frequentemente ignorados e o abuso é comum. Portanto, não é suficiente falarmos somente sobre a abstinência e a fidelidade. Alguém pode ser estuprado. O parceiro desta pessoa pode ser infiel. Por causa da pobreza, uma pessoa pode não ter nenhum meio de sobrevivência, excepto através do trabalho sexual. As desigualdades entre os sexos fazem com que as mulheres tenham pouco controle sobre as decisões sexuais. 

O ponto a que a pandemia chegou força-nos a trabalhar com abordagens mais completas e abrangentes para prevenir a propagação do VIH. Estas abordagens incluem o uso de preservativos, a prevenção da transmissão da mãe para o bebê, a provisão de medicamentos anti-retrovirais, os serviços de aconselhamento e teste voluntários e a provisão de agulhas e seringas limpas.

Precisamos salvar vidas e mostrar o amor e o interesse de Deus por todas as pessoas num mundo injusto e quebrado.

As desigualdades entre os sexos dificultam para que as mulheres possam garantir a sua saúde sexual. Foto: Geoff Crawford

As desigualdades entre os sexos dificultam para que as mulheres possam garantir a sua saúde sexual. Foto: Geoff Crawford

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhe este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles também possam se beneficiar

Cadastre-se agora para receber a revista Passo a Passo

Uma revista digital e impressa gratuita para pessoas que trabalham na área de desenvolvimento comunitário

Cadastre-se agora

Preferências de cookies

Sua privacidade e paz de espírito são importantes para nós. Temos o compromisso de manter seus dados em segurança. Somente coletamos dados de pessoas para finalidades específicas e não os mantemos depois que elas foram alcançadas.

Para obter mais informações, inclusive uma lista completa de cookies individuais, consulte nossa política de privacidade.

  • Estes cookies são necessários para o funcionamento do site e não podem ser desativados em nossos sistemas.

  • Estes cookies permitem-nos medir e melhorar o desempenho do nosso site. Todas as informações coletadas por eles são anônimas.

  • Estes cookies permitem uma experiência mais personalizada. Por exemplo, eles podem lembrar em que região você está, bem como suas configurações de acessibilidade.

  • Estes cookies ajudam-nos a personalizar os nossos anúncios e permitem-nos medir a eficácia das nossas campanhas.