Da: Doenças transmissíveis – Passo a Passo 112

Como reduzir a disseminação e o impacto das doenças transmitidas de pessoa para pessoa

Quando toda a Índia entrou em quarentena nacional (lockdown) por causa da pandemia de Covid-19, Dipu* não pôde mais vender legumes, e sua esposa não pôde mais trabalhar como diarista. Com muito pouco dinheiro e devido à impossibilidade de verem os parentes, eles tiveram muita dificuldade para sustentar os dois filhos, ambos com deficiência e precisando de muitos cuidados.

Felizmente, Dipu e sua família agora estão recebendo o apoio de que precisam, mas sua história não é única. Para muitas pessoas com deficiência e suas famílias, os surtos de doenças não só trazem o risco de uma doença grave, mas também podem causar estresse emocional e dificuldades físicas adicionais.

As pessoas com deficiência podem ser particularmente vulneráveis se:

Prestação de apoio

Aqui estão algumas formas de prestar apoio às pessoas que vivem com deficiência. 

Pergunte o que elas precisam

É errado presumir que as pessoas com deficiência não sabem o que precisam ou como explicar quais são essas necessidades. Dedique tempo para conhecê-las e às suas famílias e decidir com elas que tipo de apoio gostariam que você prestasse, se for o caso. Continue mantendo essas conversas para garantir que elas sempre possam dar sua opinião sobre o tipo e o nível de assistência que estão recebendo.

Notícias e informações

Certifique-se de que as pessoas estejam recebendo informações sobre a prevenção e a disseminação de doenças de uma forma que possam acessar e compreender. Ajude-as a identificar as fontes de informação confiáveis, tais como as orientações do governo ou as informações de um serviço de saúde local. Assim, elas poderão evitar o estresse de ler ou ouvir notícias falsas, confusas ou enganosas. 

Apoio prático

Pode ser mais difícil para as pessoas obter acesso a água, alimentos ou medicamentos suficientes durante os surtos de doenças, especialmente se elas receberem instruções para permanecer em casa. Ofereça-se para entregar alimentos e os medicamentos de que precisam. Se o ponto de água estiver a alguma distância de sua casa, providencie-lhes água suficiente todos os dias para que elas possam manter uma boa higiene e ter bastante água potável para beber. 

Apoio emocional e espiritual

O isolamento, a solidão e a preocupação com o risco de infecção podem piorar os problemas de saúde mental existentes ou causar novos problemas. A mudança de rotina pode ser especialmente difícil para as pessoas com deficiência de aprendizagem ou emocional. Visite-as regularmente, se possível, ou procure outras formas de prestar apoio, como através da oração e da leitura das escrituras por telefone. 

Procure ajuda, se necessário

Se você estiver preocupado com a saúde ou o bem-estar de alguém, entre em contato com o centro de saúde local e peça orientação.

*o nome foi mudado

Escrito por

Foto de Jubin Varghese

Escrito por Jubin Varghese

Jubin Varghese é gestora de projetos na área de deficiência da Emmanuel Hospital Association, na Índia. E-mail: jubin@eha-health.org

Conteúdo com tags semelhantes

Compartilhar este recurso

Se você achou este recurso útil, compartilhe-o com outros para que eles possam se beneficiar também