OS COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Esta edição, portanto, não tem um tema principal. Em vez disso, cobrimos uma variedade de assuntos diferentes, muitos de edições anteriores às quais os leitores responderam. Vários artigos levantam questões vitais sobre a essência do desenvolvimento participativo e da capacitação. A fonte da ‘parábola’ sobre a AIDS/SIDA é desconhecida e devido a isto, não podemos dar crédito ao autor. O maracujá é uma cultura razoavelmente nova para muitos agricultores e apesar de crescer facilmente, poucas pessoas sabem sobre as melhores maneiras de aumentar a sua produção e evitar as pestes. Jubileu 2.000 é uma campanha com a qual eu tenho estado pessoalmente envolvida e acredito que se tornará uma maneira importante – e com certeza profética – de marcar o novo milênio.

Abaixo estão os artigos da edição 31 da Passo a Passo em html.

Para baixar (descarregar) uma versão pdf da edição 31 da Passo a Passo, clique aqui (983K).


  • A amamentação ao peito continua sendo a melhor

    Um estudo recente confirmou que pressões preocupantes são exercidas sobre as mães com bebês novos por parte das empresas interessadas em aumentar as suas vendas de leite infantil. O Interagency Group on Breast-feeding Monitoring (IGBM) publicou recentemente um relatório mostrando que muitas empresas – incluindo a Nestlé, Gerber, Milco, Nutricia e Wyeth – estavam promovendo a amamentação com mamadeira (biberão) entre mulheres grávidas e com bebês novos, violando um Código Internacional aprovado ...

    leia mais
  • AAP em ação

    Brian Polkinghorne escreveu-nos uma resposta interessante à Edição 29. Aqui estão alguns dos pontos levantados por ele, assim como os comentários de Simon Batchelor (que escreveu o artigo de abertura da Edição 29).

    leia mais
  • Cartas

    Ferramentas para trabalho artesanal com lã Em projetos de desenvolvimento rural na Etiópia e no Quênia nós frequentemente vemos pessoas tentando cardar, fiar, feltrar ou tecer a lã usando ferramentas inadequadas. Ás vezes podem existir soluções mais apropriadas a apenas duzentos quilômetros de distância no mesmo país. Ás vezes as respostas podem ser conhecidas em um outro continente.

    leia mais
  • Desenvolvimento comunitário a partir da igreja

    por Alexis Andino. Durante muito tempo os trabalhadores da área de desenvolvimento aprenderam e colocaram em prática o princípio de que o ‘desenvolvimento’ parte das agências e está voltado para as comunidades. Acreditamos que somos os possuidores de uma gama de ‘idéias novas’, as quais temos desejo de compartilhar com as pessoas a fim de ‘levar o desenvolvimento à comunidade’.

    leia mais
  • Dramatização para comunicação

    por B Mounkoro. A dramatização pode ser uma ferramenta de muito valor para incentivar uma aprendizagem participativa. Quando ela foi usada em uma comunidade no Mali através de um programa de desenvolvimento, percebeu-se que as dramatizações dos moradores do povoado expressaram certos problemas que evitavam que as pessoas participassem no trabalho de desenvolvimento.

    leia mais
  • Editorial

    Eu fico sempre muito animada quando os leitores da Passo a Passo me enviam artigos para serem incluídos na Passo a Passo. Ás vezes eu consigo usá-los rapidamente na revista e às vezes eles não são adequados para serem publicados. Mesmo assim, eu tenho sempre vários artigos bons mas não o espaço onde encaixá-los. Esta edição, portanto, não tem um tema principal. Em vez disso, cobrimos uma variedade de assuntos diferentes, muitos de edições anteriores às quais os leitores responderam. Vários ...

    leia mais
  • Estudo bíblico

    O princípio do Jubileupor Isabel Carter Leia Levíticos 25:8-31 Levíticos é o terceiro livro do Velho Testamento e fornece orientações para o nosso relacionamento com Deus e com o próximo. O capítulo 25 fala sobre dois festivais importantes – o ano do Sabá, quando se deixava a terra descansar durante um em cada sete anos e o ano do Jubileu, a cada 50 anos.

    leia mais
  • Maracujá (fruta da paixão)

    por Isabel Carter. O maracuja é uma fruta nova que se tem tornado popular entre muitos agricultores ao redor do mundo nos últimos anos. O maracujá cresce rapidamente e a sua fruta é gostosa e refrescante. Ao contrário de algumas frutas, o maracujá é fácil de ser transportado para os mercados. Ele também pode ser processado para fazer suco. Tem crescido o interesse em exportá-lo para a Europa, onde o maracujá está ficando famoso como uma fruta de luxo. O maracujá com frequência cresce bem sobre ...

    leia mais
  • O fogo da AIDS

    Um homem idoso estava conversando com os anciãos da aldeia sobre a AIDS (SIDA) e lhes contava uma história…

    leia mais
  • Planeamento Familiar Natural

    A Edição 27 levou várias pessoas a nos escreverem, especialmente aquelas que sentiram que a Passo a Passo não tinha incentivado suficientemente os métodos naturais de planejamento familiar. De um ponto de vista médico este métodos apresentam um maior risco de gravidez e requerem uma grande dedicação do marido e da mulher. No entanto, com treinamento adequado e dedicação eles podem ser satisfatórios em muitas situações, especialmente no planejamento das gestações. Esta é uma contribuição útil e ...

    leia mais
  • Recursos

    Amaranth to Zai Holes:Ideas for growing food under difficult conditionspor Laura Meitzner e Martin Price

    leia mais
  • Tirando o máximo proveito de reuniões

    por Gideon Njini. As reuniões em grupo influenciam as actividades e direcções futuras dos grupos. Há dois tipos principais de reuniões: privadas e públicas. Em reuniões públicas discutem-se assuntos que podem ser de interesse para todas as pessoas locais. As reuniões privadas são destinadas apenas aos membros ou àqueles com um interesse directo sobre o assunto. Todas as reuniões devem ser anunciadas com antecedência àqueles que poderão participar e devem ser realizadas de acordo com as regras ...

    leia mais
  • Um novo começo

    Mencione a dívida do terceiro mundo para a maioria das pessoas e um olhar confuso aparece. Mencione a falta de financiamento para clínicas médicas e escolas e a maioria das pessoas concordariam e gostariam de acrescentar as suas próprias experiências. No entanto, na maioria dos países do Terceiro Mundo, as duas questões estão interligadas.

    leia mais